Avatar do usuário
Por Deivson123
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#130165
Na obra "Utopia", do escritor Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade da sociedade brasileira contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que o enfrentamento de discursos misóginos apresenta barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Esse cenário é fruto tanto do descaso governamental quanto do silenciamento midiático. Diante disso, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, a fim do pleno funcionamento da sociedade.
Precipuamente, é fulcral pontuar que a disseminação da misoginia deriva da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne à criação de mecanismos que coíbam tais recorrências. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar da população, todavia, isso não ocorre no Brasil. Devido à falta de atuação das autoridades, está enraizada na sociedade uma cultura machista que inferioriza as mulheres. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.
Ademais, é imperativo ressaltar o silenciamento midiático como promotor do problema. A filósofa brasileira Djamila Ribeiro explica que é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Contudo, há um silenciamento insaturado na questão dos discursos misóginos, uma vez que pouco se fala sobre esse tema nas mídias de grande acesso, para a população em geral, tratando essa pauta como algo supérfluo. Logo, urge tirar essa situação da invisibilidade para atuar sobre ela, como defende a pensadora.
Portanto, é imprescindível atuar sobre esse contexto caótico. Para isso, o governo federal deve criar projetos em prol do combate à misoginia, por meio de campanhas de conscientização as quais abordem sobre os impactos do machismo na sociedade contemporânea, a fim de reverter o descaso governamental e o silenciamento midiático que afeta o enfrentamento dessa discriminação contra as mulheres. Dessa forma, poder-se-à concretizar a "Utopia" de More na sociedade brasileira.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Avatar do usuário
Por Caiunao
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#130243
Deivson123 escreveu:@Nicky7 @Caiunao @Felipe082 @Amandx193 @lais458 @StudySter @Higorvaz @Katsmoking @Fortes @Jeniffeeee

Poderiam corrigir minha redação por favor? :D
Opaa! Corrigi bem rápido aqui mas espero que te ajude.
Vou pontuar algumas coisas.
Não penalizei na c1 porque encontrei só 2 desvios gramaticais, que são relacionados ao uso da vúrgula desnecessariamente. No entanto, um corretor especializado em gramática talvez encontrasse algum outro desvio, porque, em algumas partes do texto, achei a construção frasal duvidosa, mas nada muito grave. Vou te aconselhar em uma coisa... evita esse uso de palavras rebuscadas para parecer culto. Tenho CERTEZA que você não costuma usar essas palavras e nem as vê na maioria dos textos que lê por aí. Isso não torna a redação culta, apenas dificulta a leitura, pois são palavras incomuns na língua.
Repertórios bem coringas e não muito originais, mas isso não me faz tirar ponto, pois pelo menos estão bem utilizados.
Achei seus argumentos bons, mas pouco originais também. Nesse caso, eu posso tirar ponto, pois a grade de correção permite. Só considerei eles como superficiais porque você não aprofunda eles relacionados ao tema. Você até diz o que são e explica bem, mas o que tem a ver com o tema em si (com a sua tese)?
Boas retomadas e operadores argumentativos. Contudo, cuidado com o uso de "precipuamente", porque significa "principalmente", e não se costuma começar um desenvolvimento assim. Creio que você pensou que fosse "a princípio" ou algo do tipo. Apesar disso, por não ter ficado incoerente na frase em geral, não foi penalizado.
Achei o detalhamento um pouco implícito, mas você fez uma justificativa do objetivo, então é um detalhamento.

Falando particularmente agora, você escreve muito bem, mas tenta ser um pouco mais original. Usar esses termos decorados e uns repertórios mais superficiais possíveis deixa o leitor meio desanimado ao ler o texto, o que é ruim, porque ele quem atribui sua nota kkkkk.
Enfim, parabéns pela escrita e redação. Siga se dedicando e vai alcançar notas e produções de se orgulhar ainda mais! Deus te abençoe. Espero ter te ajudado
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
43 Exibições
por Deivson123
4 Respostas 
1517 Exibições
por KaioP366
0 Respostas 
79 Exibições
por vitoriafink
1 Respostas 
39 Exibições
por eloravena25
0 Respostas 
42 Exibições
por lauri
0 Respostas 
153 Exibições
por Flicker2307
0 Respostas 
81 Exibições
por Isabelly05a
0 Respostas 
38 Exibições
por almari53
0 Respostas 
38 Exibições
por Thuanny09
0 Respostas 
18 Exibições
por BrunaNassif

No século XX, surgiu a terceira Revolução Industri[…]

Após a pandemia no Brasil houve queda nos índices[…]

A obra "Abaporu", da pintora Tarsila do […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM