• Avatar do usuário
#82719
Na antiguidade, em Esparta, eram considerados cidadãos aqueles que participassem de atividades vinculadas à guerra. Em contrapartida, na atualidade brasileira, são considerados pessoas do Estado os que possuem registro civil. Todavia, se não houver tal documentação, o indivíduo não consegue garantir seu acesso à cidadania e se torna invisível socialmente.

Inicialmente, é importante pontuar o bloqueio constitucional aos direitos quando não se há um registro de civilidade. De acordo com o site informativo do Senado, sem um certidão de nascimento, documento primordial, não se é possível fazer ações de importância, como se matricular em uma escola, ter um CPF ou mesmo retirar o titulo de eleitor. Ademais, leis da Carta Magna, como o artigo 5, o qual garante educação e saúde para todos,não são eficazes nesse cenário, já que elas só atuam para aqueles quebrado oficialmente reconhecido pelo Estado. Nesse contexto, nota-se que há a indisponibilização das garantias sociais quando não se tem uma documentação civil.

Concomitantemente, mostra-se presente a invisibilidade social. Nesse viéis, é possível fazer uma analogia à Psicologia Compornamental, já que está área comprova a possibilidade de influência que a crença externa tem sobre a perspectiva sobre si. Ou seja, se legalmente o indivíduo não é considerado como existente e se há o imaginário de só ser válido após se apresentar adicionalmente à sociedade, esse conceito perpetua na visão da pessoa e da população. Consequentemente, há a invalidação coletiva sobre esse ser humano, o que o torna invisível para o povo e para a legislação.

Em suma, para garantir a efetuação do registro civil para todos, é indispensável que o Governo Federal, órgão o qual administra as questões nacionais, planeje medidas legais que fiscalizem a efetivação da criação do documento de civilidade para os recém-nascidos e para a parte da população que não conseguiu ter acesso a essa burocracia. Por fim,isso será feito por meio da organização sistemática de fiscais em áreas com maior índice de "invisibilidade"
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM