• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Henrique796
#78765
A palavra “empatia” vem do grego “empátheia”, que significa paixão. É descrita pelo Dicionário Priberam como “Forma de identificação intelectual ou afetiva de um sujeito com uma pessoa, uma ideia, ou uma coisa”. Muitas vezes esta palavra também e explicada como “a habilidade de se colocar no lugar do outro” ou “sentir o que o outro sente”. Com o passar do tempo cada vez mais as pessoas vêm perdendo esta habilidade. Evidência disto é o aumento da taxa de incidência de patologias como o transtorno de ansiedade e a depressão.
A pandemia de Covid-19 também evidencia esta falta de empatia, que já podia ser antes observada. Não é novidade para ninguém que vive e viveu no Brasil neste ano e no ano passado ver pessoas se negando a se isolarem socialmente ou usar uma máscara quando estas eram as únicas armas de combate que tínhamos contra o vírus. E agora que temos armas muitíssimo mais poderosas e eficazes: as vacinas, ainda existem pessoas se negando a se imunizarem.
Nas situações acima, pessoas que não se protegem não colocam somente a si em risco de contaminação, mas levam perigo para as pessoas que cruzam na rua ou que têm um contato mais próximo, como familiares que vivem na mesma casa.
As máscaras PFF2, N95, ou KN95 – dependendo do seu país de certificação – têm uma taxa de filtragem de aerossóis de até 95%. Se todas as pessoas do mundo de fato a usassem, e só tivessem contato sem máscara com as pessoas que moram consigo, em poucas semanas o vírus sucumbiria, sem conseguir se espalhar mais. Ou se 70% da população se deixasse ser vacinada – claro que com a colaboração do Estado – se tornaria muito mais difícil para o vírus se multiplicar e novas variantes surgirem.
Todas as atitudes acima, são expressões da empatia. São atitudes que protegem um coletivo. Protegem a quem pratica estas ações e a quem está em volta. O que mais falta no mundo hoje é empatia e cumplicidade. Precisamos mais disso se quisermos poder voltar a viver em harmonia com a natureza e com a sociedade.

@DN157 @MariNavarro @pdrinsz @SirRoland69
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

São muitos os casos de impunidade do sistem[…]

Bom dia pessoal, JoaoPedro72 , muito obrigado p[…]

Agora que lembrei que não é poss&iac[…]

Esquecimento histórico

A Constituição Federal de 1988, docu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM