• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#71695
“No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”. Através desse trecho do poema de Carlos Drummond de Andrade é possível estabelecer uma relação entre as pedras no meio do caminho e ausência da educação fiscal como um empecilho no trajeto para o exercício da cidadania, que ocorre devido à alienação social e a negligência das empresas.

Primeiramente, vale salientar a desinformação do corpo civil como aspecto perpetuador do estorvo. Segundo Sócrates, filósofo grego, os erros são consequências da ignorância humana. Essa lógica pode ser comprovada pela inibição da fiscalização do tráfego de tributos nas mãos dos administradores políticos, decorrente da inconsciência de muitos cidadãos perante os seus direitos e deveres. Por conseguinte, a desconsideração em supervisionar tributos viabiliza a corrupção governamental.

Além disso, é importante destacar que a omissão empresarial interfere no revés supracitado. “Quem comete o mal, comete-o contra si mesmo”, diz um provérbio árabe. Sendo assim, a autenticidade do provérbio pode ser expressa quando um empresário sonega a emissão da nota fiscal em determinada transação comercial. Consequentemente, omitir o pagamento tributário é anular o seu retorno à sociedade.

Em suma, é imprescindível que a Mídia — grande difusora de informações — informe a população em virtude do impasse, mediante a campanhas educativas televisivas, de modo a formar cidadãos conscientes. Paralelamente, o Ministério da economia — órgão responsável por gerenciar as contas do governo — deve fiscalizar a quitação de tributos pelas empresas, por intermédio do envio de agentes fiscais que as inspecionem, com o fito de remover mais uma “pedra” do meio do caminho.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#72650
“No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”.{CONECTIVO} Através desse trecho do poema de Carlos Drummond de Andrade é possível estabelecer uma relação entre as pedras no meio do caminho e ausência da educação fiscal como um empecilho no trajeto para o exercício da cidadania, que ocorre devido à alienação social e a negligência das empresas.

  • PERFEITO, PORÉM A INTRODUÇÃO PRECISA DE 3 PERÍODOS NO MÁXIMO E PERCEBI QUE NA SUA INTRODUÇÃO TEM 1 :|


Primeiramente, vale salientar a desinformação do corpo civil como aspecto perpetuador do estorvo<MESMO SENDO CULTO, PARECEU MUITO VULGAR E UM POUCO SEM SENTIDO]. CONECTIVOSegundo Sócrates, filósofo grego, "Os erros são consequências da ignorância humana".CONECTIVO Essa lógica pode ser comprovada pela inibição da fiscalização do tráfego de tributos nas mãos dos administradores políticos, decorrente da inconsciência de muitos cidadãos perante os seus direitos e deveres. Por conseguinte[CONECTIVO INADEQUADO], a desconsideração em supervisionar tributos viabiliza a corrupção governamental.

Além disso, é importante destacar que a omissão empresarial interfere no revés supracitado<[COMO JÁ DISSE, MESMO SENDO CULTO E POUCO EXAGERADO, JÁ QUE PODERIA DEIXAR BEM MAIS SIMPLES]. “Quem comete o mal, comete-o contra si mesmo”, diz um provérbio árabe. Sendo assim, a autenticidade do provérbio pode ser expressa quando um empresário sonega a emissão da nota fiscal em determinada transação comercial. Consequentemente<TROQUE-O], omitir o pagamento tributário é anular o seu retorno à sociedade.

Em suma, é imprescindível que a Mídia — grande difusora de informações — informe a população em virtude do impasse, mediante a campanhas educativas televisivas, de modo a formar cidadãos conscientes. Paralelamente, o Ministério da economia — órgão responsável por gerenciar as contas do governo — deve fiscalizar a quitação de tributos pelas empresas, por intermédio do envio de agentes fiscais que as inspecionem, com o fito de remover mais uma “pedra” do meio do caminho.
  • :arrow: AÇÃO
    :arrow: AGENTE
    :arrow: MEIO
    :arrow: EFEITO
    :arrow: DETALHAMENTO :? ESTEVE EM FALTA :|
#72764
Muito obrigado por corrigir a minha redação,@maiconpgtu ! Deus abençoe! :D

Amei sua correção, viu?! Com você, aprendi que preciso de três períodos para uma ótima introdução; que preciso estudar mais sobre conectivos; que a linguagem culta nem sempre melhora a estética do texto e que devo me atentar mais ao detalhamento.

Obrigado, obrigado, obrigado pelo seu tempo e pelo aprendizado a mim proporcionado <3, s2!

A Constituição Federal, norma de mai[…]

Sua redação está maravilhosa[…]

Acesso ao cinema

Segundo o Artigo 215 da Constituição[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM