• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Kalinda
#81359
Na comédia "Até que a sorte nos separe", retrata-se a vida e as dificuldade de uma família que, alguns anos após ganharem na loteria, entram em falência devido ao gasto excessivo e desnecessário do dinheiro. Entretanto, fora da ficção, essa falta de planejamento orçamentário é observado na camada cada vez maior de endividados, seja pelo deficitário ensino brasileiro, e seja pela ignorância familiar.
   Em primeira análise, vale ressaltar que, segundo o pedagogo Paulo Freire "A educação não transforma o mundo. A educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo". Nesse sentido, nota-se que a formação escolar, nos modelos predominantes do país, não capacita o sujeito para gerenciar suas finanças, podendo levando-lo ao endividamento. Em consequência disso, fica evidente que uma pessoa sem conhecimento em como gerir as próprias finanças, terá pouco progresso financeiro e contribuirá menos para o progresso da nação.
   Além disso, pais com pouca instrução financeira não sabem a importância de tal conteúdo para seus filhos. Segundo Émile Durkheim "O indivíduo é construído socialmente a partir de suas experiências e aprendizados até a fase adulta". Nesse sentido, se uma criança cresce aprendendo que educação financeira é algo irrelevante, ela também irá propagar isso. Consequentemente, resultará em altos números de inadimplência e desigualdade social.
   Fica evidente, portanto, que o conhecimento sobre o manejo do dinheiro deve ser mais valorizado e estimulado. Logo, cabe ao Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, criar palestras educacionais nas escolas brasileiras, com o intuito de divulgar sobre a importância da economia e do consumo consciente. Desse modo, os cidadãos terão conhecimento desde novos, de como controlar sua finanças de maneira responsável.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

O quadro expressionista "O grito" do pin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM