Avatar do usuário
Por Ivel
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#112217
⠀Hodiernamente, discute-se muito acerca da educação financeira no Brasil, contudo, para o brasileiro, esse assunto nem tão cedo será realidade, e sim, uma utopia. Com isso em mente, tem-se por necessário entender os motivos pelos quais não existirá, em um futuro próximo, uma grande parcela da população brasileira educada financeiramente, sendo as duas principais causas a falta de interesse do Governo com relação a incorporação dessa educação nas escolas, assim como a falta de interesse por parte da população sobre essa temática.
⠀Inicialmente, ao analisar a inexistência da educação em quase todas escolas públicas do Brasil, percebe-se uma falta de interesse por parte dos governantes com relação a esse tema. Uma pesquisa do Ibope, de 2020, mostra que 21% das pessoas entrevistados tiveram educação financeira até os 12 anos de idade. Esse pesquisa mostra o quão alarmante é essa situação, uma vez que os estudantes saem da escola prontos para o mercado de trabalho mas, em contrapartida, chegam na idade adulta não sabendo como gastar o seu próprio dinheiro de forma responsável.
⠀Ademais, pondo em perspectiva a população brasileira, é perceptível o descaso com relação a educação financeira, principalmente quando se observa os gastos dos indivíduos: dívidas de cartões de crédito; empréstimos e gastos desnecessários, tudo isso é reflexo da falta de disciplina com relação ao que se ganha e gasta. Algo que reforça esse argumento é uma pesquisa de 2022 da fintech Onze, cedida ao G1, que mostra justamente, em porcentagem, a quantidade de pessoas que gastam muito: das 1603 pessoas entrevistadas, 33% confidenciaram que seus gastos eram maiores que sua renda.
⠀Conclui-se, portanto, que tanto o descaso do Governo quanto a falta de interesse em educar-se são contribuintes para a educação financeira no Brasil ser uma utopia. Diante do exposto, tem-se por imprescindível que o Estado, por meio do Ministério da Educação, inclua na grade curricular do Ensino Fundamental a matéria "Educação Financeira", para assim os jovens aprendam desde cedo a lidar com o próprio dinheiro e, por fim, crie palestras e disponibilize aulas pela internet para a população em geral, ensinando assim os adultos a como tratar suas próprias finanças e assim tenham mais responsabilidade com seu dinheiro.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
Utopia dos direitos humanos
por Belleheyisa    - In: Outros temas
0 Respostas 
294 Exibições
por Belleheyisa
0 Respostas 
99 Exibições
por MarianeX9
0 Respostas 
263 Exibições
por TiagoCruz7
1 Respostas 
223 Exibições
por LeoGoncalves
0 Respostas 
126 Exibições
por MaluSantana
1 Respostas 
189 Exibições
por iaracabral3
A deficiente educação financeira no Brasil
por Camilemore    - In: Outros temas
0 Respostas 
70 Exibições
por Camilemore
0 Respostas 
73 Exibições
por Fernanda10
0 Respostas 
187 Exibições
por aquilayzx
0 Respostas 
103 Exibições
por vsilva0202

"O saber fornece meios para alterar o pan[…]

JoaoPedro72 Wesley529 Ana20rosa isas522 […]

A declaração Universal dos direitos […]

O Artigo 5°. da Constituição fed[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM