Página 1 de 1

Educação domiciliar: Em abril de 2019, foi anunciado um projeto de lei que normatizaria a educação em casa. O Brasil est

Enviado: 30 Jul 2021 19:03
por Emmyzinha
A regulamentação acerca da Educação Domiciliar é um assunto que gera inúmeras discussões entre aqueles a favor e os que são contra esse modelo que tem demonstrado resultados positivos expressivos, bem com alguns desafios que essa modalidade tem enfrentado.
A Educação Domiciliar ou Homeschooling, com é conhecida nos Estados Unidos da América (EUA), se trata da liberdade dos pais ou responsáveis, educarem a criança / adolescente dentro do lar, sem que este seja inserido na escola, logo, os pais ou responsáveis dão tanto valores, quanto conhecimentos acadêmicos. Essa forma de ensino não é algo atual, pelo contrário, existe desde o século XVIII, tido como adeptos grande nomes, como George Washington, Abraham Lincoln, Thomas Jefferson, John Wesley, entre outros.
Além disso, observa-se as vantagens da Educação Domiciliar, como a oferta de um ensino mais personalizado, maior autonomia futura nos estudos, maior observação das potencialidades e/ou déficits presentes na criança/adolescente, bem como uma melhora acadêmica, como mostra a avaliação feita nos EUA pelo National Home Education Research Institute ( Instituto Nacional de Pesquisa em Educação Domiciliar), o qual, mostra que estudantes domiciliares tiveram pontuação maior que alunos de rede pública e privada.
Nesse sentido, observando tanto as vantagens em outros países que dotaram o modelo, quanto o crescimento no Brasil, foi anunciado o projeto de lei (PL) 2401/2019 que visa normatizar a prática, trazendo mais segurança aos pais educadores, a cerca de não sofrerem danos jurídicos pela sua escolha, o que se constitui em um dos grandes desafios que a modalidade enfrenta, juntamente com as críticas e a ignorância sobre o assunto.
Portanto, o Homeschooling tem se mostrado promissor, encontrando mais adeptos, principalmente no contexto atual de pandemia, mostrando que aos poucos o Brasil tem aprendido a lida com essa forma de educar.