Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Lirb17
#51750
Em 2011, à Organização das Nações Unidas (ONU), se pronunciou no quesito Educação à Distância, afirmando que essa tecnologia é um fator de direito humano. Sob essa óptica, no contexto brasileiro, à algumas problemáticas recorrentes. Dessa forma, torna-se necessário medidas interventivas para conter o problema, que é agravado pela sua inacessibilidade, como também, consequências do distanciamento do ambiente escolar.
Desse modo, fica evidente que, não à uma homogeneidade quanto a possibilidade de uso do EaD no País. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 49,9 milhões de brasileiros não possuem acesso à internet – um bem fundamental para o uso do EaD – informação a qual se contradiz com o pronunciamento da ONU, mencionado anteriormente. Entende-se, portanto, que, ao se criar uma tecnologia, uma parte da população sem acesso não se desenvolverá adequadamente.
Outrossim, diante a pandemia do COVID-19 o distanciamento do ambiente escolar tornou-se mais recorrente, a educação se adaptou a diversas mudanças, o que acarretou em algumas consequências, como o aumento das dificuldades entre discentes e doscentes em aprender e ensinar, o mal funcionamento das plataformas, acesso aos materiais necessários e acima de tudo à procrastinação. Assim, percebemos que ainda à grandes dificuldades com o ensino remoto.
Mediante ao exposto, notamos que à necessidade de ações interventivas para minimizar a inacessibilidade e os obstáculos do distanciamento escolar no território brasileiro. Para isso, cabe ao Governo investir em regiões desfavorecidas economicamente, a fim de criar condições equitativas de acesso a recursos tecnológicos. Ademais, cabe ao Ministério da Educação- órgão responsável pelas políticas nacionais educativas – adotar novos métodos eficazes de ensino em EaD, por meio de amplo debate entre Estado, professores e famílias, para transformar a educação brasileira e, consequentemente, promover à acessibilidade da sociedade no que diz respeito à tecnologia no país. Feito isso, o Brasil poderá evoluir em relação a direitos que a sociedade necessita.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Obrigado, poderia dizer oq eu errei??

No livro Carrie de 1974, é apresentada ao l[…]

Segundo o IBGE, em 2019, a população[…]

Preconceito Linguístico

A Fala Que Exclui O Preconceito Lingu&iac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM