Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#52951
A saúde mental está erroneamente atrelada a uma concepção adotada pela sociedade em geral que versa sobre uma qualidade de vida que se resume em um padrão de vida que todas as pessoas devem manter. Em contrapartida, saúde mental é um assunto peculiar a cada indivíduo, isto é, cada pessoa deve adotar uma saúde que faça bem a seu estado mental. Com esse mal entendido, a sociedade sugere um conceito negativo àqueles que sofrem com doenças ou transtornos mentais, inclusive quando se diz sobre mercado de trabalho, as pessoas que entram nesse rol sofrem preconceitos de diversos tipos.
Historicamente, o motivo pelo qual a sociedade leva a parte tais indivíduos pode ser o fato de que antigamente existia o tratamento em manicômios, equiparando, assim, os doentes mentais a presidiários. Consequentemente, o medo e a distancia são vistos por quem não faz parte dos que padecem desse mal, pois, com o decorrer do tempo, a falta de conhecimento e informação dessas pessoas impedem uma inclusão social e propiciam um ambiente preconceituoso com os doentes mentais.
Entretanto, o Estado juntamente ao Ministério de Saúde são agentes fortes no que diz respeito a inclusão social para que o referido distanciamento seja solucionado. Tais agentes podem, unidos, usar da mídia como ferramenta para que os principais fatores que causam a doença mental ou ainda sintomas e outras informações acerca de transtornos mentais sejam noticiados e propagados no ambiente social.

Ademais, com o conhecimento em tela, as pessoas no geral tomam para si uma parte de responsabilidade quando se dirigirem aos que padecem de distúrbios mentais. Com isso, o número de pessoas sofredoras de distúrbios mentais desempregadas diminuiria, além de atritos serem solucionados apenas com o conhecimento acerca dos transtornos existentes. O canal midiático é adequado para unir pessoas dotadas de informações e assim propagarem cada vez mais uma verdade que pode salvar vidas além de fortificar o tratamento que o grupo desfavorecido necessita.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Miniglossário Desvio: problema de gram&[…]

Homofóbia no Brasil

O filme "Boy Erased", retrata a vida de […]

A internet surgiu no contexto da guerra fria, send[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM