Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por ryanwe
#58739
Quando se trata de direito e moral surgem vários questionamentos em nossas
cabeças, desde o início da sociedade vem se criando diversos conceitos e teorias sobre o
tema tratado para definir o que é considerado um e outro, mas isso é algo que se pode
moldar por diferentes realidades vividas.
Por muito tempo a moral esteve ligada diretamente ao direito, isso se deve ao fato
de que os costumes de grupos influenciaram em quase todas as decisões tomadas sejam
elas no direito ou não, atualmente a moral pode influenciar em algo, mas não tão incisivas
como eram feitas a tempos atrás, já que a moralidade não está ligada predominante ao um
coletivo, como é o caso de seguidores de religiões e sim a diversificação de cada
indivíduo. O direito tem como a obrigação de assegurar o máximo possível do bem de
todos, envolvendo mais de dois seres, enquanto a moral além de pensar no conjunto
pensa também em si mesmo.
Na moral para você poder ser julgado por um ato basta acontecer, pode ser
externado onde vários irão te julgar de diversos meios, seja com exclusão, sermão e
outros, ou interno onde o que você pensou e só internalizou vai lhe gerar pensamentos de
alto julgamentos. No direito para acontecer a punição devida sua ação precisa ser
externalizada, mostrada ao público, caso ao contrário onde fique somente em sua mente
tudo pode ser livre, as ações jurídicas não conseguirão condenar o seu interior, já a moral
sim e ela vai fazer tal ato. As leis relacionadas ao direito não podem ser redigidas por
qualquer um, tem que ser alguém superior com um poder para isso, já a moral pode, já que
cada um pode ter a sua ou até mesmo seguir a de outros, como é o caso de filhos não
terem seus próprios modos de agir e pensar e seguirem os de seus pais.
Das várias teorias sobre o assunto uma interessante a ressaltar no contexto é a
“teoria do círculos secantes” onde trata o direito e moral como algo que tem suas áreas
individuais definidas separadamente, mas em alguns pontos podem se conciliar para fazer
o que é melhor. Então nem sempre esses dois conceitos irão se juntar, mas dependendo
da realidade que se é inserida pode acontecer. É importante lembrar sobre o respeito que
se deve ter com cada pensamento moral, desde que esteja respeitando a individualidade
de cada ser, não interferindo de maneira negativa em nenhum ponto, dessa forma
conseguiremos uma sociedade organizada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

camis23 muto obrigada!!! :D

O Saneamento básico no Mundo é um do[…]

A Declaração Universal dos Direitos […]

dudaramos1 , por nada, precisando estamos aqui! 😘

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM