Avatar do usuário
Por JuMendes
Quantidade de postagens
#123034
O Censo de Educação Superior do 2015, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), mostrou que em 10 anos, o número de pessoas matriculadas no Ensino Superior passou de 4,6 milhões para 8 milhões de pessoas. O avanço no acesso ao Ensino Superior, por um lado proporcionou um aumento de pessoas com formação acadêmica, por outro, ocasionou também a desvalorização do diploma. A grande disponibilidade de faculdades com qualificação defasada em relação ao mercado de trabalho dificultou a inserção de novos profissionais e a alta taxa de desistência devido a desigualdade social são algumas das causas para o problema.
Em primeiro plano, a capacitação insuficiente aplicada nas universidades gera despreparo, desistência e frustração. Além disso, há no senso-comum, a ideia de que as universidades preparam para a vida, sendo mostrado até na mídia e campanhas de programas sociais como o Sisu e o ProUni , por exemplo. Então, teoricamente a vida acadêmica se assemelha a uma formação completa e um futuro cheio de oportunidades, mas na prática, faltam habilidades e competências a serem desenvolvidas, em especial, à população mais carente. Em suma, enquanto a ideia não for desconstruída e a realidade for mostrada, as expectativas continuarão a dificultar a empregabilidade.
Por outro lado, a disparidade econômica agrava a situação: O pagamento das mensalidades, transporte e alimentação, pela população mais pobre. Por conseguinte, as pessoas não tem dinheiro para pagar e por fim, desistem. Logo, há uma incoerência em relação a tanta oferta de vagas nas instituições de ensino e o êxito em seguir a profissão escolhida, dada pela omissão estatal em atender às necessidades sociais em questão financeira e também em moldar um sistemas de ensino que desenvolva competências e habilidades para o mundo do trabalho. Por fim, a permanência desse agravante implicará em profissionais frustrados que não conseguirão mudar a realidade em que vivem.
Em síntese, é fundamental realizar ações para permitir a valorização do diploma para conseguir um emprego. Então é de obrigatoriedade do Ministério da Educação fornecer qualificação pedagógica para os docentes com inclusão das chamadas soft e hardskills na grade curricular, a fim de criar experiências e aproximar os estudantes da realidade da futura profissão. Além disso, deve-se introduzir nas escolas , companhias e projetos para informar os alunos acerca do funcionamento do mercado de trabalho. Dessa forma, as dificuldades enfrentadas por eles diminuem e, assim, conseguirão exercer a profissão dos sonhos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Por Benhur
Quantidade de postagens
#123109
Olá, Ju Mendes. Um comentário a respeito da sua redação.

1. Sua redação quase não apresenta desvios, além do que eu imagino ser algum erro de digitação, o que é muito bom. Há apenas algumas questões a respeito do uso de vírgulas e pontuação, como em:
" Mostrou que [,] em 10 anos, o número" na introdução,
"as pessoas não t[ê]m o dinheiro para pagar e [,]por fim, desistem".
", pela população mais pobre"
...
2. No que diz respeito a competência 2, talvez tenha faltado dar maior produtividade ao repertório escolhido na introdução. Dá para perceber que ele é útil na sua tese de evidenciar a contradição das vagas e o alto desemprego, mas penso que tenha faltado um elemento de retomada desses dados.

3. Você defendeu bem o seu ponto de vista, mas acabou deixando algumas lacunas pelo caminho.
No segundo parágrafo, por exemplo, você cita "habilidades e competências a serem desenvolvidas", mas não fica claro quais são elas, o mesmo ocorre na conclusão. Além disso, no primeiro parágrafo você pontua que há uma relação entre o maior acesso à formação acadêmica e a desvalorização do diploma, porém isso também não fica muito claro no texto.
O seu segundo parágrafo há uma ótima articulação de ideias e percebi uma complementaridade nos argumentos propostos, muito bem!

4. Faltou operadores argumentativos dentro do seu parágrafo de introdução, porém, em exceção a isso, o seu texto faz bom uso de conjunções e articuladores textuais.

5. A sua proposta de intervenção atende a todos os requisitos!

Lembrando que isso são pontuações amadoras e o intuito e ajudar! Qualquer discordância é muito bem aceita. Parabéns pelo texto! Continue estudando!
0
Avatar do usuário
Por JuMendes
Quantidade de postagens
#123119
Olá, muito obrigada pela sua correção! Me ajudou muito!
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
29 Exibições
por Nicky7
0 Respostas 
112 Exibições
por gleymyson
0 Respostas 
110 Exibições
por camileeeee
1 Respostas 
73 Exibições
por evellyncat
0 Respostas 
58 Exibições
por NUNESC
0 Respostas 
52 Exibições
por NUNESC
2 Respostas 
203 Exibições
por samarano6584
0 Respostas 
71 Exibições
por dayoliveira
0 Respostas 
60 Exibições
por Carlos1972
0 Respostas 
68 Exibições
por Reinaldo1513

Oi, studymalus . A demanda por correç&otil[…]

Saúde Mental Redação

Oi, RaphoBrabo . Mantenho minha dica sobre desdob[…]

Manipulação Dados Redação

Oi, RaphoBrabo . A demanda por correç&otil[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM