• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Jotaveh
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#81835
“Ordem e Progresso” são os dizeres presentes na bandeira brasileira. Todavia, tal ideal de crescimento nem sempre é posto em prática no Brasil, visto que tanto a carência de inovações tecnológicas quanto a fraca presença estatal na economia instigam sua desindustrialização. Assim, é válido discutir a problemática e buscar soluções.

Diante desse cenário, cabe ressaltar a carência de novas tecnologias como fator do problema. Nesse sentido, segundo o Índice Global de Inovação, o Brasil é apenas o 57º país mais inovador. Com efeito, esse fato demonstra o atraso tecnológico nacional em relação a, ao menos, outros 56 países. Por conseguinte, potenciais recursos tecnológicos, os quais criariam nichos mercadológicos e fortaleceriam os já existentes em solo verde-amarelo, não são tão fomentados quanto poderiam, deixando de promover o setor industrial brasileiro. Logo, inovar em novas tecnologias se mostra relevante.

Ademais, a baixa intervenção econômica estatal também agrava a situação. Sob essa ótica, é oportuno lembrar que o keynesianismo, modelo econômico defensor da intervenção do Estado na economia, poderia melhorar as indústrias brasileiras ao aplicar verbas que fomentassem suas expansões. Entretanto, ao não adotar esse modelo, o Brasil acaba por manter sua lentidão industrial em relação a outros países de primeiro mundo, além de deixar de gerar potenciais empregos oriundos de tais expansões. Dessarte, é necessária uma maior participação do Poder Executivo no âmbito econômico.

Portanto, é imprescindível superar as causas da desindustrialização nacional. Nesse viés, cabe ao Poder Executivo investir, por meio de editais para financiar projetos, em inovação tecnológica industrial. Esses investimentos devem ser de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, com o fito de desenvolver recursos tecnológicos que fortaleçam as indústrias nacionais. Paralelamente, o Poder Executivo também deve conceder empréstimos a essas, com o auxílio de economistas renomados. Desse modo, o progresso será garantido e o país honrará os dizeres em sua bandeira.


Se puderem, amigos, fico grato.
na quinta-feira 18.11.21 farei minhas últimas correções do ano.
Me marquem ok? Abraços a todos.

@Wallace
@mariamigon
@EuDavila
@eurodrigo
@Skullyy
@XxDamastco
@Iurymed
@willoliveira
@Anne24
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

0
#81839
Considerem essa.

“Ordem e Progresso” são os dizeres presentes na bandeira brasileira. Todavia, tal ideal de crescimento nem sempre é posto em prática no Brasil, visto que tanto a carência de inovações tecnológicas quanto a fraca presença estatal na economia instigam sua desindustrialização. Assim, é válido discutir a problemática e buscar soluções.

Diante desse cenário, cabe ressaltar a carência de novas tecnologias como fator do problema. Nesse sentido, segundo o Índice Global de Inovação, o Brasil é apenas o 57º país mais inovador. Com efeito, esse fato demonstra o atraso tecnológico nacional em relação a, ao menos, outros 56 países. Por conseguinte, potenciais recursos tecnológicos, os quais criariam nichos mercadológicos e fortaleceriam os já existentes em solo verde-amarelo, não são tão fomentados quanto poderiam, deixando de promover o setor industrial brasileiro. Logo, inovar em novas tecnologias se mostra relevante.

Ademais, a baixa intervenção econômica estatal também agrava a situação. Sob essa ótica, é oportuno lembrar que o keynesianismo, modelo econômico defensor da intervenção do Estado na economia, poderia, por meio de sua implementação, melhorar as indústrias brasileiras ao incentivar a aplicação de verbas que fomentassem as expansões dessas. Entretanto, ao não adotar esse modelo, o Brasil acaba por manter sua lentidão industrial em relação a outros países de primeiro mundo, além de deixar de gerar potenciais empregos oriundos de tais expansões. Dessarte, é necessária uma maior participação do Poder Executivo no âmbito econômico.

Portanto, é imprescindível superar as causas da desindustrialização nacional. Nesse viés, cabe ao Poder Executivo investir, por meio de editais para financiar projetos, em inovação tecnológica industrial. Esses investimentos devem ser de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, com o fito de desenvolver recursos tecnológicos que fortaleçam as indústrias nacionais. Paralelamente, o Poder Executivo também deve conceder empréstimos a essas, com o auxílio de economistas renomados. Desse modo, o progresso será garantido e o país honrará os dizeres em sua bandeira.

Se puderem, amigos, fico grato.
na quinta-feira 18.11.21 farei minhas últimas correções do ano.
Me marquem ok? Abraços a todos.

@Wallace
@mariamigon
@EuDavila
@eurodrigo
@Skullyy
@XxDamastco
@Iurymed
@willoliveira
@Anne24
0
#81851
@Jotaveh
Está boa, apesar de haver alguns erros de gramática simples.
É consideravelmente a redação mais simples e suave que já li, não há nada que cause dúvidas ao leitor jovem,como crianças em termos que elas não consigam entender bem, tu desenvolve o tema com excelente desempenho, tal como qualquer redação deve ser.
Parabéns, eu amei a tua redação.
Fim
0

A Constituição Federal de 1988, docu[…]

O filme Lorax, veinculado na planaforma da Netflix[…]

A revolução Industrial ocorrida na I[…]

Mylike , Olá, boa noite. Olá nov[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM