Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#48661
Promulgada pela ONU em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todos os indivíduos o direito à educação e ao bem-estar social. Conquanto, a desigualdade social impossibilita que essa parcela da população desfrute deste direito universal na prática. Nesse sentido, é necessário que subterfúgios sejam encontrados a fim de resolver essa inercial problemática.

A educação é o fator principal no desenvolvimento de um país. Hodiernamente, ocupando a nona posição na economia mundial, seria racional acreditar que o Brasil possui um sistema público de ensino eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido em obstáculos para o desenvolvimento social no Brasil. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância, 60% das crianças e adolescente são pobres no Brasil. Diante do exposto, a sociedade não deve se contentar com tal situação, visto que, milhões de jovens brasileiros vivem em situações deploráveis de infraestrutura, sendo não apenas prejudicial aos jovens, mas também a toda a sociedade.

Faz-se mister, ainda, salientar o trabalho infantil como impulsionador do problema. De acordo com Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é a característica da “modernidade líquida” vivida no século XXI, Diante de tal contexto, devemos convalescer o direito dos jovens brasileiros, combatendo o trabalho infantil, ou até mesmo, situações análogas ao trabalho escravo.

Infere-se, portanto, que ainda há entreves para garantir a solidificação de políticas que visem à construção de um mundo melhor. O governo deve conceber mais oportunidades aos jovens, com maiores investimentos na educação e infraestrutura. Esperasse com isso, diminuir a evasão escolar e a pobreza que assombra milhões de brasileiros. Dessa forma, o Brasil poderia superar a desigualdade. A partir dessas ações, espera-se promover uma melhora das condições educacionais e sociais desse grupo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Talvez você perderia pontos na C1 (desvios),[…]

A constituição de 1988 documento jur[…]

A Constituição Federal, promulgada e[…]

ahhh e qualquer coisa pode me marcar. Não s[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM