Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por RafaNaBase
#57810
Já está na Constituição, precisa de mais o quê?

O desenvolvimento científico durante a Revolução Industrial ocorrida na Inglaterra, século XVIII, transformou a distribuição de alimentos para as pessoas, mostrando, no entanto, um desequilíbrio social. Análogo a isso, a realidade brasileira não tangencia esse acontecimento, tendo em vista o grande número de cidadãos passando fome nos locais mais povoados da Nação. Com isso, faz-se necessário a análise de suas causas, sendo elas os repetidos erros no cotidiano e o desrespeito constitucional.

Em primeiro lugar, o costume de descartar alimentos em casa exerce forte impacto tanto ao meio ambiente quanto à sociedade. Consoante a isso, o artigo feito pela revista Superinteressante informa que mais de um sexto de toda comida produzida em 2019 foi descartada em domicílios. Tal fato acontece, majoritariamente, pelo desconhecimento da população, e também pela falta de recursos disponíveis aos moradores, de regiões brasileiras, para executar a tarefa diária corretamente. Assim, viver dessa maneira é prejudicial, pois um número extenso de alimentos é parcialmente aproveitado por poucos, e existe, atualmente, indivíduos com fome em muitas partes do globo terrestre.

Outro aspecto a ser pontuado é o artigo 6º da Constituição brasileira de 1988, responsável por assegurar o direito à alimentação, efetivamente mal executado, o qual demonstra o descaso com a lei que rege uma Nação. Para que haja mudança, ocasionando em melhores condições de vida, vale seguir o que Mahatma Gandhi - nacionalista e especialista em ética política - disse: “Temos de nos tornar a mudança que queremos ver.” Além disso, a educação é recurso essencial para que a população tome consciência de seus próprios atos, fato que deve melhorar no Brasil. Dessa forma, fica evidente a necessidade de apoiar a reeducação dos brasileiros.

Depreende-se, portanto, um sistema heterogêneo na alimentação, e dada a sua importância, deve ser resolvido. Para isso, cabe ao Ministério da Educação incentivar a criação de novas disciplinas escolares, como cidadania, tornando disponível para os jovens novas formas de pensar, por meio da transmissão em televisões, cuja finalidade seja mudar o comportamento referente aos cuidados domésticos fundamentais. Complementarmente, é necessário que o Governo invista mais em educação, isso acontecerá com a criação de palestras nos centros urbanos por profissionais, a fim de que os cidadãos participem. Logo, o direito social colocado na Constituição será reforçado, ademais, haverá mais comida disponível.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Em pleno século XXI transtornos mentais &ea[…]

Boa tarde, vou colocar aqui os pontos q eu acho q[…]

Ficaria muito feliz se pudessem corrigir a minha r[…]

jherodrigues Olá, pode corrigir minha re[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM