Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#51484
A constituição federal de 1988, documento jurídico que rege o país, prevê, em seu artigo 6°, o direito à saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. No entanto, tal prerrogativa não tem se reverberado, quando observamos os desafios para a vacinação do Brasil, como um problema pertinente à sociedade moderna. Esse cenário nefasto, se deve não somente à negligência governamental, como à passividade social.
Em primeira análise, vale ressaltar que, a negligência governamental, é uma grande motivadora das dificuldades em se vacinar a população. O filósofo polonês, Zygmunt Bauman disserta em seu livro " A globalização e as consequências humanas", que a sociedade caminha para uma desordem mundial, causada sobretudo pela falta de controle do estado. Diante desta perspectiva, é nítido que o governo ao sucatear a vacinação no país- ferramenta tão importante para garantir o bem estar da população, corrobora para a atual realidade enfrentada no país.
Ademais, pode-se atribuir à passividade da sociedade em relação às dificuldades na implantação de vacinas no país, como fator agravante de tal problema. De acordo com a filósofa francesa, Simone de Beauvoir " O mais escandaloso dos escândalos é que nós habituamos a eles". Diante de tal exposto, fica claro que, mais escandaloso que a falta de campanhas com enfoque na vacinação, é o fato da sociedade se habituar a esta situação desrespeitosa, que vai contra a própria constituição do país. Logo, é inadmissível que tal problema continue a perdurar na sociedade moderna brasileira.
Portanto, é mister que os governantes dê importância, para à vacinação e promova medidas interventivas para amenizar o quadro atual. Para isso, urge que o Ministério da Saúde, por meio de fundos governamentais, articule campanhas de vacinação e conscientização, que devem educar a população a respeito da importância das vacinas no país, a fim de, alavancar a quantidade de cidadãos que tomam suas vacinas em dia. Dessa forma, será possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação dos direitos elencados na Magna Carta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desde a terceira revolução industria[…]

A saúde mental é um fator de risco n[…]

No cenário atual encontra-se muitas pessoas[…]

São Tomás de Aquino defendeu que tod[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM