Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#47982
Em países desenvolvidos, como a França, existem incentivos para que a população jovem seja cada vez mais qualificada, através de projetos que conciliam o tempo de estudo com o de trabalho. No Brasil, no entanto, fatores como, a evasão escolar e a inoperância governamental em realizar projetos eficazes de inserção dos indivíduos marginalizados no mercado de trabalho, dificultam o ingresso desses cidadãos na classe trabalhadora. Sendo assim, faz-se necessária a análise desses fatores, a fim de mitigar seus efeitos nocivos.

Em primeiro plano, o abandono da vida escolar configura um impasse para os indivíduos que desejam entrar no mercado de produção. Isto acontece, sobretudo, porque os avanços da máquina produtiva, advindos da Revolução Industrial, exigem maior qualificação profissional por parte do funcionário. Dessa maneira, fica evidente que a fala do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, de que a educação é o principal meio de mudança, reforça a ideia de sua importância como instrumento de transformação social.

Além disso, a Constituição Federal de 1988 assegura o direito ao trabalho e à proteção contra o desemprego para todos os brasileiros. Todavia, percebe-se que, existe uma negligência por parte do Estado, no que diz respeito à políticas de inclusão dos jovens que vivem em áreas desprovidas de maior acesso ao ofício trabalhista. Tudo isso, por conseguinte, aumenta o número de desempregados e reduz oportunidade de ascensão social.

Logo, o Ministério da Educação - órgão responsável por coordenar políticas educacionais no país- deve realizar campanhas que mostrem a importância da educação como agente modificador, através de workshops e projetos pedagógicos, com parceria de escolas públicas e privadas, para que, assim, possa-se reduzir os desafios dos jovens para ingressar no mercado de trabalho e reforçar o que foi afirmado por Mandela.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#47985
Excelente texto, parabéns! Ideias amplamente articuladas com a temática, bem como a presença de um excelente projeto textual. Em relação ao domínio do texto dissertativo-argumentativo e ao uso produtivo dos repertórios também não houveram deslizes. Sua proposta contém todos os elementos necessários. Ademais, atente-se apenas aos desvios referentes ao uso da vírgula e ao uso dos mecanismos linguísticos.

Dar pra tirar uma nota boa sim, não fugiu d[…]

Ao se falar sobre os impactos da pandemia do novo […]

dudaramos1 Assim que possível corrige min[…]

Já faz alguns anos que a reduç&atild[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM