Avatar do usuário
Por Lara59
Quantidade de postagens
#125727
A constituição federal de 1988, norma jurídica de maior prestígio no Brasil. Prevê um rol de garantias fundamentais, dentre elas o direito a igualdade, como inerente a todo cidadão brasileiro. Todavia, no que tange ao enfrentamento da visibilidade da mulher no ambiente de trabalho, esse direito, infelizmente, não é de fato garantido. Desse modo, fatores como a inoperância estatal e o silenciamento da sociedade favorecem na existência desse entrave.

Em primeira análise, é crucial ressaltar que a omissão estatal é o principal empecilho no combate a esse enfrentamento. Sob está ótica, Jonh Locke, célebre, filósofo, afirma que o estado é responsável por garantir a igualdade coletiva. No entanto, a máquina administrativa rompe com a teoria de Locke, pois é inoperante em elaborar políticas públicas eficientes em prol de combater esse problema. Uma vez que não é remunerado e mal pago e pouco feito para impedi-lo, limitando no avanço desse problema. Assim, sem o apoio do governo, a invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher tem sua intervenção dificultada.

Ademais, o silêncio da sociedade é outra preocupação em relação nessa invisibilidade, nesse tocante, o escritor, Oscar Wilde, defende que a insatisfação e o primeiro passo no processo de um homem e uma Nação. Contudo, seja porque não é culturalizada nas escolas, seja porque são raramente orientaras no veículo midiáticos, tornando as pessoas indiferentes. Visto que não demonstram sua insatisfação para mudar esse cenário, acompanhando na esperança de que o governo promova uma mudança desejada, o que não ocorre, limitando o avanço nessa questão. Por isso é inadmissível que esse cenário caótico continue a perdurar.

Portanto, medidas devem ser realizadas. Para isso, o governo estadual, órgão com a função de zelar pelo povo, precisa investir em recursos, por meio de verbas, realizar palestras e debates com o intuito de minimizar essa controversa. Tal ação pode ser realizada através de divulgação e publicações em redes sociais, sendo elas, facebook e Instagram, que são plataformas de alto alcance nacional. Dessa forma, o governo desemperá o seu papel social e proporcionará a igualdade prevista na carta magna no pais.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
1305 Exibições
por vertinho
0 Respostas 
316 Exibições
por EduardaH25
0 Respostas 
338 Exibições
por dudalemos
0 Respostas 
297 Exibições
por matheus2306
0 Respostas 
184 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
187 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
224 Exibições
por Rayane86
0 Respostas 
218 Exibições
por Euu4
5 Respostas 
431 Exibições
por Caiunao
0 Respostas 
285 Exibições
por anastiny
Bancos na era digital

na atualidade o setor bancário, tem passado[…]

Conforme o estatuto da pessoa com deficiênci[…]

LGBTfobia no Brasil

O professor de direito da Universidade Federal de […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM