Avatar do usuário
Por ASF
Quantidade de postagens
#127510
A Constituição Federal de 1988-documento situado no topo do ordenamento jurídico brasileiro, assegura direitos fundamentais para a democracia e vida digna de seus cidadãos. No entanto, a desvalorização dos trabalhos de cuidados realizados pelas mulheres e suas consequências, como desigualdade e trabalhos não remunerados, interferem no sistema harmônico do Estado brasileiro. Desse modo, torna-se oportuno analisar os fatores sociais e a ineficácia governamental como causadores da temática.
Diante desse cenário, percebe-se que a sociedade traz efeitos nocivos para a invisibilidade dos trabalhos realizados pelas mulheres. Segundo Pierre Bourdieu, “não há democracia efetiva sem um verdadeiro crítico”. Sob tal perspectiva, no Brasil, a falta de reflexão crítica compromete o avanço democrático, resultando em cidadãos passivos diante de questões cruciais, gerando um ciclo de problemas que contrariam a Constituição. Portanto, é crucial promover uma análise de autocrítica das relações sociais para mitigar esses desafios.
Ademais, Vale salientar as falhas estatais como mais um dos impulsionadores da problemática. Sob essa logística, John Rawls, na teoria do Pacto Social, enfatizou o estado como mantenedor do bem-estar coletivo. Contudo, os impactos relacionados a falta de atenção em relação aos trabalhos realizados pelas classes femininas contrastam com a tese do autor, uma vez que o governo do Brasil parece não se preocupar com essa questão, tendo em vista o preconceito social e pagamentos desiguais para as classes distintas. Logo, é inadmissível a inoperância das esferas de poder no que tange à mitigação desse viés.
Por Fim, destaca-se a necessidade de desconstruir os fundamentos dos desafios enfrentando nos trabalhos de cuidados realizados pelas mulheres, enfatizando a inoperância da intervenção ao ministério das comunicações através de programas midiáticos populares, visando esclarecer as principais consequências dos problemas sofridos pelas mulheres na sociedade contemporânea, convidando especialistas para oferecer uma visão crítica e orientar os espectadores. Com isso, espera-se que a população atue eficazmente para mitigar a problemática alinhando-se aos conceitos de crítica social de Bourdieu e o Pacto Social de Rawls. Essa abordagem visa garantir uma vida digna para a sociedade brasileira, conforme estabelecido na constituição de 1988.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
1148 Exibições
por vertinho
0 Respostas 
288 Exibições
por EduardaH25
0 Respostas 
317 Exibições
por dudalemos
0 Respostas 
283 Exibições
por matheus2306
0 Respostas 
175 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
175 Exibições
por EuMaiza
0 Respostas 
207 Exibições
por Rayane86
0 Respostas 
207 Exibições
por Euu4
5 Respostas 
407 Exibições
por Caiunao
0 Respostas 
274 Exibições
por anastiny

besourokafka - Sua introdução ap[…]

Felipe082 Maxy Alunaaaamed Casey12 Ke[…]

Obesidade é uma doença

A obesidade é um problema. Para muitos a […]

besourokafka Tati14 elloysa filipediasx 0[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM