• Avatar do usuário
#67684
Em outubro de 1988, a sociedade conheceu um dos documentos mais importantes da história do Brasil: a Constituição Cidadã, cujo conteúdo assegura o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. No entanto, percebe-se que, no Brasil, existe uma carência de incentivo governamental para a conservação de recursos naturais. Nesse sentido, observa-se um delicado problema que tem como causas a priorização de interesses financeiros e o silenciamento da mídia.

Primeiramente, é possível afirmar que o desenvolvimento sustentável no Brasil ainda é uma prática lenta e gradual, pois muitas empresas não estão preocupadas em adotar medidas que preservem o meio ambiente, já que visam apenas a lucratividade. Essa situação está ligada à máxima de Martin Luther King de que “a injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo lugar”. Desse modo, tem-se como consequência a generalização da injustiça e a prevalência de insegurança coletiva no que tange ao problema.

Djamila Ribeiro explica que é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Porém, há um silenciamento instaurado na questão do desenvolvimento sustentável, visto que existe uma influência negativa ligada aos estímulos consumeristas que são gerados para o desenvolvimento dos jovens, especialmente quando se trata de proteção e consciência ambiental. Assim, urge tirar essa situação da invisibilidade para atuar sobre ela, como defende a pensadora.

Portanto, é indispensável intervir sobre a ausência da conservação de recursos naturais. Para isso, o poder público deve investir no desenvolvimento sustentável, por meio da destinação de verbas, a fim de reverter a supremacia de interesses mercadológicos que impera. Tal ação pode, ainda, ser divulgada na mídia de massa para que a população tome conhecimento. Paralelamente, é preciso intervir sobre os direitos ao meio ambiente ecologicamente equilibrado citados na Constituição Cidadã.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A importância da vacinação

EmillyySilva , tUDO BEM, mas ficarei super feli[…]

Estudex , Man, poderia detalhar a correç&[…]

O mundo pós-pandemia Observando o cen[…]

Por favor, poderiam corrigir? Grata🤗 eurodrigo […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM