• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#73232
O sociólogo Émile Durkheim defendia a ideia que o indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido. Fora da alusão. Essa perspectiva pode ser inserida na sociedade brasileira, uma vez que o controle de consumo ainda é um desafio. Nesse sentido infere-se que a omissão governamental e a mentalidade capitalista das empresas, catalisam na problemática do assunto em pauta.
Em primeiro plano, evidência- se que a omissão governamental é uma grande responsável pela complexidade do problema. Conforme o filósofo Schopenhauer, os limites do campo de visão de uma pessoa, determinam seu entendimento a respeito do mundo. Isso justifica outro fator: se as pessoas não tem acesso a informação a informação séria sobre consumo consciente, sua visão será limitada e dificultará ainda mais a erradicação do empecilho. Visto que a presença governamental é ausente, é lícito postular que essa falta de acompanhamento é um estímulo para o desatentamento das pessoas ao agravante.
Ademais, é igualmente preciso apontar, que a mentalidade capitalista das empresas é outro agente dificultador. A necessidade de consumo dos cidadãos, se dá principalmente devido a manipulação feita pelas empresas, através da mídia e outros meios, acontece o ardiloso trabalho da obsolência precoce, influenciando assim, a comprarem novamente. Desse modo, agindo perpetuamente no que diz respeito o problema.
Convém portanto, que de modo urgente, medidas sejam tomadas. Cabe ao ministério da educação tornar do conhecimento de todos a gravidade proporcionada pelo assunto, promovendo uma base educacional afim de viabilizar sobre o desafio do consumo consciente, e também, a mídia com o seu poder de influência promover campanhas, e matérias aprovadas por especialistas, com informações sucintas, realizando assim a ideia de Durkheim.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#74335
O sociólogo Émile Durkheim defendia a ideia que o indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido. Fora da alusão. Essa perspectiva pode ser inserida na sociedade brasileira, uma vez que o controle de consumo ainda é um desafio. Nesse sentido infere-se que a omissão governamental e a mentalidade capitalista das empresas, catalisam na problemática do assunto em pauta.

:D

Em primeiro plano, evidência- se que a omissão governamental é uma grande responsável pela complexidade do problema. Conforme o filósofo Schopenhauer, os limites do campo de visão de uma pessoa, determinam seu entendimento a respeito do mundo. Isso justifica outro fator: se as pessoas não tem acesso a informação a informação<IREI DESCONSIDERAR ESSA REPETIÇÃO, POSSÍVEL ERRO DE DIGITAÇÃO] séria sobre consumo consciente, sua visão será limitada e dificultará ainda mais a erradicação do empecilho. Visto que, a presença governamental é ausente, é lícito postular que essa falta de acompanhamento é um estímulo para o desatentamento das pessoas ao agravante.

:mrgreen:

Ademais, é igualmente preciso apontar, que a mentalidade capitalista das empresas é outro agente dificultador. A necessidade de consumo dos cidadãos, se dá principalmente devido á<CRASE] manipulação feita pelas empresas, através da mídia e outros meios, acontece o ardiloso trabalho da obsolência precoce, influenciando assim, a comprarem novamente. Desse modo, agindo perpetuamente no que diz respeito o problema.

  • :arrow: REPERTÓRIO MUITO FRACO

Convém portanto, que de modo urgente, medidas sejam tomadas. Cabe ao Ministério da Educação tornar do conhecimento de todos a gravidade proporcionada pelo assunto, promovendo uma base educacional a fim de viabilizar sobre o desafio do consumo consciente, e também, a mídia com o seu poder de influência promover campanhas, e matérias aprovadas por especialistas, com informações sucintas, realizando assim a ideia de Durkheim.

  • :arrow: FALTOU MEIO

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

oii, estou de volta pessoal!!! Gostaria que corrig[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM