Avatar do usuário
Por leticiaa2
Quantidade de postagens
#124033
A Lei áurea, assinada pela Princesa Isabel em 1888, garantiu a abolição da escravidão no Brasil. No entanto, ainda na sociedade, há casos de escravidão no Brasil. Logo, existem desafios para o combate do trabalho escravo, como a falta de emprego e a ausência de fiscalização do Estado.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) quase 15 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, sob esse viés, evidencia-se a grande falta de emprego como um grande precursor da escravidão. Ademais, com a escassez de empregos parte da população se submetem a trabalhar de forma precária, para ter uma vida melhor. Dessa forma, é evidente a ineficiência legislativa em não criar políticas públicas para fomentar a falta de emprego.
O filósofo grego Aristóteles, afirma que a política deve ser articulada pelos homens, a fim de alcançar o equilíbrio social. Porém, é possível perceber que a ausência de fiscalização estatal rompe essa harmonia, haja vista que a mão de obra escrava ainda é usada no Brasil. Por isso, é essencial que o Estado juntamente com o Governo, intensifiquem fiscalizações para a diminuição desse problema.
Por fim, é necessário que o Estado crie novas políticas públicas a fim de diminuir o desemprego no Brasil. Além disso, o Ministério do Trabalho deve fiscalizar especificamente áreas de foco, como terras agrícolas. Dessa forma, o preceito constitucional será solidificado no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por leticiaa2
Quantidade de postagens
#124055
leticiaa2 escreveu:A Lei áurea, assinada pela Princesa Isabel em 1888, garantiu a abolição da escravidão no Brasil. No entanto, ainda na sociedade, há casos de escravidão no Brasil. Logo, existem desafios para o combate do trabalho escravo, como a falta de emprego e a ausência de fiscalização do Estado.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) quase 15 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, sob esse viés, evidencia-se a grande falta de emprego como um grande precursor da escravidão. Ademais, com a escassez de empregos parte da população se submetem a trabalhar de forma precária, para ter uma vida melhor. Dessa forma, é evidente a ineficiência legislativa em não criar políticas públicas para fomentar a falta de emprego.

O filósofo grego Aristóteles, afirma que a política deve ser articulada pelos homens, a fim de alcançar o equilíbrio social. Porém, é possível perceber que a ausência de fiscalização estatal rompe essa harmonia, haja vista que a mão de obra escrava ainda é usada no Brasil. Por isso, é essencial que o Estado juntamente com o Governo, intensifiquem fiscalizações para a diminuição desse problema.

Por fim, é necessário que o Estado crie novas políticas públicas a fim de diminuir o desemprego no Brasil. Além disso, o Ministério do Trabalho deve fiscalizar especificamente áreas de foco, como terras agrícolas. Dessa forma, o preceito constitucional será solidificado no Brasil.@Eli79[/mention
1
Avatar do usuário
Por Eli79
Quantidade de postagens
#124238
@leticiaa2,

Olá! Letícia, a estrutura da sua redação está boa. Há a presença dos 4 parágrafos, indícios de argumentos no D1 e D2. Todavia, em ambos os parágrafos de desenvolvimento, é notória a ausência de tópicos frasais objetivos. Seu primeiro argumento versa sobre a falta de emprego, que acarreta a escravidão, além da escravidão a ausência de empregos também trás outros problemas a sociedade brasileira poderia colocar outras consequências que derivam da falta de emprego. No segundo parágrafo, você repete o mesmo padrão do D1, não aprofunda seu argumento apenas reafirmar, a ausência de fiscalização do estado, causa além do trabalho escravo, a perpetuação de uma administrativo pública burocrática no país. Sobre sua conclusão, faltou apresentar os elementos: detalhamento, modo meio e o efeito.

Obs: Letícia você tem potencial, nós todos temos. Redação é treino, recomendo pegar um curso do zero sobre redação, no YouTube tem vários. Não esqueça leia bastante, isso é essencial.

Abraços! Não se atreva a desistir.
1
Avatar do usuário
Por Eli79
Quantidade de postagens
#124241
=outra causa além...
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
134 Exibições
por Marjolly
0 Respostas 
306 Exibições
por Fernandokaue
1 Respostas 
297 Exibições
por Aleim
0 Respostas 
123 Exibições
por liazz
0 Respostas 
72 Exibições
por livmedgata
1 Respostas 
104 Exibições
por Brunanzx
0 Respostas 
1927 Exibições
por LarissaR
Combate ao trabalho análogo à escravidão
por LarissaR    - In: Outros temas
0 Respostas 
62 Exibições
por LarissaR
0 Respostas 
99 Exibições
por marqueslana
0 Respostas 
89 Exibições
por 151200

@Triny206 @Amandx193 @Flicker2307 @Felipe082 Eaiii[…]

Bancos na era digital

na atualidade o setor bancário, tem passado[…]

Conforme o estatuto da pessoa com deficiênci[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM