Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#49733
Consoante a Sêneca, advogado e escritor do Império Romano, todos os vícios são mais leves quando visíveis. De forma análoga, observa-se que a tese defendida pelo autor se consolida na questão do tabagismo entre jovens brasileiros, visto que o uso de cigarros é naturalizado através da indústria midiática. Nesse sentido, uma análise crítica desse problema faz-se viável, a partir do momento em que essa problemática é agravada pela falta de debates e pela cultura do consumo empregada na sociedade atual.

A priori, é notório que o maciço silencimamento da questão auxilia na conservação do infortúnio. De acordo com Marilena Chaui, filósofa brasileira "a apatia social é, pois, uma forma passiva de fazer política.". Nessa perspectiva, a falta de engajamento social em torno de debates que demonstram as reais consequências do tabagismo entre jovens dificulta a resolução do problema, pois este se torna omisso sob viés público. Assim, trazer à pauta esse tema e debatê-lo massivamente aumentaria a chance de atuação sobre ele.

Além do disso, outra dificuldades enfrentada pelo combate ao tabagismo é a questão do consumismo pos-moderno. Segundo o filósofo Zygmunt bauman, em sua obra "Modernidade líquida", o consumismo hodierno não diz respeito a satisfação de necessidades, mas sim a busca incessante por adequação e inclusão social. Por essa ótica, pode-se concluir que a utilização de tabaco por determinados jovens ocorre em prol da procura por inserção no corpo social, refletindo assim um problema social.

Portanto, é necessário que medidas sejam tomadas para resolução dessa problemática. Nesse viés, o Ministério da educação em conjunto com as intuições educacionais, deve, por meio de palestras e campanhas publicitárias nos meios de comunicação e nas escolas, promover debates na sociedade acima dos riscos de se consumir tabaco na juventude, a fim de mitigar o conceito de naturalidade imposto sobre o seu uso e assim minimizar o tabagismo entre jovens brasileiros.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#50090
Consoante a Sêneca, advogado e escritor do Império Romano, todos os vícios são mais leves quando visíveis. De forma análoga, observa-se que a tese defendida pelo autor se consolida na questão do tabagismo entre jovens brasileiros, visto que o uso de cigarros é naturalizado através da indústria midiática. Nesse sentido, uma análise crítica desse problema faz-se viável, a partir do momento em que essa problemática é agravada pela falta de debates e pela cultura do consumo empregada na sociedade atual.

A priori, é notório que o maciço silenciamento da questão auxilia na conservação do infortúnio. De acordo com Marilena Chaui, filósofa brasileira "a apatia social é, pois, uma forma passiva de fazer política.". Nessa perspectiva, a falta de engajamento social em torno de debates que demonstram as reais consequências do tabagismo entre jovens dificulta a resolução do problema, pois este se torna omisso sob viés público. Assim, trazer à pauta esse tema e debatê-lo massivamente aumentaria a chance de atuação sobre ele.

Além do disso, outra dificuldades enfrentada pelo combate ao tabagismo é a questão do consumismo pós-moderno. Segundo o filósofo Zygmunt bauman, em sua obra "Modernidade líquida", o consumismo hodierno não diz respeito a satisfação de necessidades, mas sim a busca incessante por adequação e inclusão social. Por essa ótica, pode-se concluir que a utilização de tabaco por determinados jovens ocorre em prol da procura por inserção no corpo social, refletindo assim um problema social. [a argumentação ficou pequena e faltou uma arrematação]

Portanto, é necessário que medidas sejam tomadas para resolução dessa problemática. Nesse viés, o Ministério da Educação em conjunto com as intuições educacionais, deve, por meio de palestras e campanhas publicitárias nos meios de comunicação e nas escolas, promover debates na sociedade acima dos riscos de se consumir tabaco na juventude, a fim de mitigar o conceito de naturalidade imposto sobre o seu uso e assim minimizar o tabagismo entre jovens brasileiros.
* Faltou detalhamento

Leia a cartilha de redação , n&atild[…]

Em 1874 foi aprovada a primeira lei que exigiu o a[…]

Um conselho para você, estudante

Não há como atingir isso, o má[…]

Obrigado Mackyntoshy

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM