Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#55963
Nota - se que muitos jovens enfrentam desafios para ingressar no ensino superior. Isso ocorre devido a, não só pelo pequeno número de oportunidade que são ofertadas pelas faculdades públicas, mas também a desigualdade racial na educação brasileira.
Primeiramente, existem poucas oportunidades ofertadas aos jovens em relação ao acesso no ensino superior, a favor dos programas ofertados pelo governo. Desse modo, muitas pessoas que não conseguem esse benefício, optam por entrar em uma faculdade particular sem condições de assumir com a mensalidade integral, fazendo acordos para pagar depois da graduação, deixando a pessoa com uma grande dívida.
De acordo com as pesquisas realizadas pelo IBGE, a porcentagem de jovens negros fora da escola é de 19%, ao contrário dos brancos, que é de 12,5%. Nesse sentido, pode - se afirmar que há desigualdade racial na educação e devido a tal problemática, o ingresso no ensino superior é bastante afetado.
Portanto, o governo junto com o ministério da educação devem aumentar o número de oportunidades das faculdades públicas e criar políticas para combater a desigualdade na educação, fazendo leis que favoreçam a população de maneira igualitária a fim de diminuir da desigualdade e aumentar as chances de uma graduação, fazendo com que o jovem possa alcançar um futuro melhor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#56005
Médio.faltou artimanhas.

Como é:
Nota - se que muitos jovens enfrentam desafios para ingressar no ensino superior. Isso ocorre devido a, não só pelo pequeno número de oportunidade que são ofertadas pelas faculdades públicas, mas também a desigualdade racial na educação brasileira.
Como fica: No cenário brasileiros atual, a presença de desafios para ingressão no ensino superior faz-se,infelizmente, presente. Nesse sentido, destaca-se o baixo número de oportunidades que são ofertadas aos docentes [estudantes], como também, à desigualdade racial no meio.

Apesar de ser uma introdução simples e pequena, é uma boa introdução. O meu "como fica" é onde faltam recursos coesivos ou melhoramento deles e correção de erros de grafia, no final coloquei "no meio" de modo vago pois nem me refiro ao e. superior e nem à educação brasileira, falo vagamente, e não apontando o X da questão, fiz isso pois sei que tangenciou, pelo simples fato de tangenciar o tema "ensino superior" para "igualdade racial", seria correto,no entanto, dizer "mas também ao baixo número de igualdades racial", tipo isso. Entende ? Tu citou educação brasileira, incluindo o fundamental ou medio ou superior. Atente-se a isso. Sendo assim, tangenciou por tal fato.

Como é:Primeiramente, existem poucas oportunidades ofertadas aos jovens em relação ao acesso no ensino superior, a favor dos programas ofertados pelo governo. Desse modo, muitas pessoas que não conseguem esse benefício, optam por entrar em uma faculdade particular sem condições de assumir com a mensalidade integral, fazendo acordos para pagar depois da graduação, deixando a pessoa com uma grande dívida.
Como fica: Primeiramente, o campo educacional de ingresso ao ensino superior se mostra fraco, pois (estratégia argumentativa-cartilha redação). Desse modo, uma grande (ou pequena) parcela da população acaba sendo desfavorecida, restando a poucos uma formacão acadêmica completa. Sendo assim, perpetua-se a omissão do conceito de democracia, imposto por Aristóteles, filósofo grego.

Faltou uma estratégia argumentativa para fundamentar a tua tese, e é só.

De acordo com as pesquisas realizadas pelo IBGE, a porcentagem de jovens negros fora da escola é de 19%, ao contrário dos brancos, que é de 12,5%. Nesse sentido, pode - se afirmar que há desigualdade racial na educação e devido a tal problemática, o ingresso no ensino superior é bastante afetado.

Pouco aproveitável, seria melhor se cortasse esse desenvolvimento e a ideia na introdução.assim seria só 1 desenvolvimento.

Como é:Portanto, o governo junto com o ministério da educação devem aumentar o número de oportunidades das faculdades públicas e criar políticas para combater a desigualdade na educação, fazendo leis que favoreçam a população de maneira igualitária a fim de diminuir da desigualdade e aumentar as chances de uma graduação, fazendo com que o jovem possa alcançar um futuro melhor.
Como fica:
Portanto, compete ao Ministério da Educação dispor de meios que favorecam à democracia no meio escolar. Urge a missão de aumentar o número de oportunidades que pode ser cumprida por meio de uma lei que faça com que...... para que...a fim dq.... Etc...

Enfim, bom texto, apenas faltou recursos coesivos (tem uma tabela no Google, só escrever "conectivos redação"), atenção aos erros, planejamento em empregar as estratégias argumentativas. Melhore ai. Sugiro que reescreva o mesmo texto várias vezes até ser digno de leitura. Fim. Qualquer pergunta só chamar
#56013
XxDamastco escreveu:Médio.faltou artimanhas.

Como é:
Nota - se que muitos jovens enfrentam desafios para ingressar no ensino superior. Isso ocorre devido a, não só pelo pequeno número de oportunidade que são ofertadas pelas faculdades públicas, mas também a desigualdade racial na educação brasileira.
Como fica: No cenário brasileiros atual, a presença de desafios para ingressão no ensino superior faz-se,infelizmente, presente. Nesse sentido, destaca-se o baixo número de oportunidades que são ofertadas aos docentes [estudantes], como também, à desigualdade racial no meio.

Apesar de ser uma introdução simples e pequena, é uma boa introdução. O meu "como fica" é onde faltam recursos coesivos ou melhoramento deles e correção de erros de grafia, no final coloquei "no meio" de modo vago pois nem me refiro ao e. superior e nem à educação brasileira, falo vagamente, e não apontando o X da questão, fiz isso pois sei que tangenciou, pelo simples fato de tangenciar o tema "ensino superior" para "igualdade racial", seria correto,no entanto, dizer "mas também ao baixo número de igualdades racial", tipo isso. Entende ? Tu citou educação brasileira, incluindo o fundamental ou medio ou superior. Atente-se a isso. Sendo assim, tangenciou por tal fato.

Como é:Primeiramente, existem poucas oportunidades ofertadas aos jovens em relação ao acesso no ensino superior, a favor dos programas ofertados pelo governo. Desse modo, muitas pessoas que não conseguem esse benefício, optam por entrar em uma faculdade particular sem condições de assumir com a mensalidade integral, fazendo acordos para pagar depois da graduação, deixando a pessoa com uma grande dívida.
Como fica: Primeiramente, o campo educacional de ingresso ao ensino superior se mostra fraco, pois (estratégia argumentativa-cartilha redação). Desse modo, uma grande (ou pequena) parcela da população acaba sendo desfavorecida, restando a poucos uma formacão acadêmica completa. Sendo assim, perpetua-se a omissão do conceito de democracia, imposto por Aristóteles, filósofo grego.

Faltou uma estratégia argumentativa para fundamentar a tua tese, e é só.

De acordo com as pesquisas realizadas pelo IBGE, a porcentagem de jovens negros fora da escola é de 19%, ao contrário dos brancos, que é de 12,5%. Nesse sentido, pode - se afirmar que há desigualdade racial na educação e devido a tal problemática, o ingresso no ensino superior é bastante afetado.

Pouco aproveitável, seria melhor se cortasse esse desenvolvimento e a ideia na introdução.assim seria só 1 desenvolvimento.

Como é:Portanto, o governo junto com o ministério da educação devem aumentar o número de oportunidades das faculdades públicas e criar políticas para combater a desigualdade na educação, fazendo leis que favoreçam a população de maneira igualitária a fim de diminuir da desigualdade e aumentar as chances de uma graduação, fazendo com que o jovem possa alcançar um futuro melhor.
Como fica:
Portanto, compete ao Ministério da Educação dispor de meios que favorecam à democracia no meio escolar. Urge a missão de aumentar o número de oportunidades que pode ser cumprida por meio de uma lei que faça com que...... para que...a fim dq.... Etc...

Enfim, bom texto, apenas faltou recursos coesivos (tem uma tabela no Google, só escrever "conectivos redação"), atenção aos erros, planejamento em empregar as estratégias argumentativas. Melhore ai. Sugiro que reescreva o mesmo texto várias vezes até ser digno de leitura. Fim. Qualquer pergunta só chamar
Renatinha :Pode me explicar como fazer um bom desenvolvimento? Sempre tenho dúvidas no segundo e terceiro parágrafo, para desenvolver eles E tals, nunca sei direito cm colocar repertório neles e afins...
#56017
@Renatinha270,
No cenário brasileiros atual, a presença de desafios para ingressão no ensino superior faz-se,infelizmente, presente. Nesse sentido, destaca-se o baixo número de oportunidades que são ofertadas aos docentes [estudantes], como também, à desigualdade racial no meio.

No primeiro desenvolvimento,logicamente, é o baixo número de oportunidades.
No desenvolvimento 2 é só explicar a desigualdade racial.

Aí você vai ter que fazer perguntas como "o que o motiva ? porque existe ? pra que serve ? o que penso sobre isso ? o que causa isso ? o que isso causa ? será que deixei claro a minha opinião ? posso jogar um dado estatístico para validar a minha ideia ? posso citar Aristóteles ? e enfins, todas concorrem no mesmo ponto: como posso convencer alguém com isso ? e etc. Para desenvolver o tema. O desenvolvimento,desenvolve, lógico!

Um exemplo prático de argumentação:
Bolsonaro disse "o Brasil tá fudido com o auxílio emergencial, não arrecadamos a meta!!!"
Eu digo "Mas o banco do brasil lucrou 17 bilhoes só no ano passado, acha mesmo que um fudido tem 17 bilhoes no bolso é ?"
Ele responde "ah, mas você nao saber o que é a economia"
Eu respondo "falou o cara que conjuga um verbo errado, imagine jogar a economia nas costas de um analfabeto!"
Nada contra Bolsonaro, é claro.
Fim.

Já tive o mesmo problema e resolvi assim,fazendo perguntas ao meu texto, e dá certo 100% das vezes.

E quando vou estudar eu não estudo de início, eu vou ver o significado da palavra da qual estudo "orto-grafia" "geo+grafia" "mat-matic" "porto-gues" e etc, por meio do site "origem da palavra", ele é muito bom, há o significado de várias palavras, é o melhor site que acesso,superindico a todo estudante. Falo isso por causa que grande parte não sabe o que é argumentar, procure o site e pesquise argumentar, verá que é interessante.
Geralmente poucos buscam o significado da palavra que falam, e acabam sem saber falar.
Ademais, eu também precisei ler a arte de escrever, de shopenhauer, li até a terceira pagina e larguei a leitura, mas recomendo ele bastante, não por ajudar tu a argumentar, mas em ajudar em ler e escrever melhor e etc, só lendo o livro saberá.
Fim, aí está a trajetória.
"O seu melhor já é o suficiente" vladmir puttin, presidente da Rússia.
À vontade, caso queira perguntar mais coisas, não tenha medo. Fim.
#56018
XxDamastco escreveu:@Renatinha270,
No cenário brasileiros atual, a presença de desafios para ingressão no ensino superior faz-se,infelizmente, presente. Nesse sentido, destaca-se o baixo número de oportunidades que são ofertadas aos docentes [estudantes], como também, à desigualdade racial no meio.

No primeiro desenvolvimento,logicamente, é o baixo número de oportunidades.
No desenvolvimento 2 é só explicar a desigualdade racial.

Aí você vai ter que fazer perguntas como "o que o motiva ? porque existe ? pra que serve ? o que penso sobre isso ? o que causa isso ? o que isso causa ? será que deixei claro a minha opinião ? posso jogar um dado estatístico para validar a minha ideia ? posso citar Aristóteles ? e enfins, todas concorrem no mesmo ponto: como posso convencer alguém com isso ? e etc. Para desenvolver o tema. O desenvolvimento,desenvolve, lógico!

Um exemplo prático de argumentação:
Bolsonaro disse "o Brasil tá fudido com o auxílio emergencial, não arrecadamos a meta!!!"
Eu digo "Mas o banco do brasil lucrou 17 bilhoes só no ano passado, acha mesmo que um fudido tem 17 bilhoes no bolso é ?"
Ele responde "ah, mas você nao saber o que é a economia"
Eu respondo "falou o cara que conjuga um verbo errado, imagine jogar a economia nas costas de um analfabeto!"
Nada contra Bolsonaro, é claro.
Fim.

Já tive o mesmo problema e resolvi assim,fazendo perguntas ao meu texto, e dá certo 100% das vezes.

E quando vou estudar eu não estudo de início, eu vou ver o significado da palavra da qual estudo "orto-grafia" "geo+grafia" "mat-matic" "porto-gues" e etc, por meio do site "origem da palavra", ele é muito bom, há o significado de várias palavras, é o melhor site que acesso,superindico a todo estudante. Falo isso por causa que grande parte não sabe o que é argumentar, procure o site e pesquise argumentar, verá que é interessante.
Geralmente poucos buscam o significado da palavra que falam, e acabam sem saber falar.
Ademais, eu também precisei ler a arte de escrever, de shopenhauer, li até a terceira pagina e larguei a leitura, mas recomendo ele bastante, não por ajudar tu a argumentar, mas em ajudar em ler e escrever melhor e etc, só lendo o livro saberá.
Fim, aí está a trajetória.
"O seu melhor já é o suficiente" vladmir puttin, presidente da Rússia.
À vontade, caso queira perguntar mais coisas, não tenha medo. Fim.
Certo, muuito obrigada pelas dicaas

Um claro exemplo da falta de empatia e da desumani[…]

Oi tudo bem! Eu avaliei a sua redaçã[…]

Valorização do idoso

De acordo com o sociólogo Émile Durk[…]

Bom dia, seu texto está muito bem desenvolv[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM