Avatar do usuário
Por paulla
Quantidade de postagens
#130005
"Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros." A frase de Confúcio, filósofo chinês, é tão atemporal e abrangente que serve para refletirmos sobre os impasses sociais persistentes na realidade brasileira, como os desafios para a dignidade menstrual no Brasil. Relativamente a essa lamentável questão, é possível afirmar que se trata de uma situação particularmente desafiadora, tendo como causas a omissão governamental e a lacuna educacional.
Dessa forma, em primeiro plano, é preciso atentar para o descaso estatal em relação aos obstáculos como a falta de acesso aos produtos de higiene menstrual. Segundo Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar da população. No entanto, tal responsabilidade não está sendo honrada, visto que a falta de políticas públicas dificulta o fornecimento de produtos de higiene menstrual acessíveis. Isso contribui para que as necessidades das mulheres sejam cada vez mais negligenciadas.
Além disso, a educação deficitária é um agravante que tange o problema. Para Sêneca, a educação exige maiores cuidados porque influi sobre a vida toda. Porém, isso não acontece, uma vez que a falta de abordagem sobre os desafios da dignidade menstrual não é debatida nas escolas. Com isso, perpetuam-se tabus e dificuldades de discutir abertamente o tema.
Portanto, é necessário que essa situação seja resolvida.Para isso, o governo, órgão responsável por garantir condições dignas de existência a todos, deve implementar políticas e programas, por meio de investimentos e pelo exercício das leis, a fim de sanar a vulnerabilidade socioeconômica associada à falta de produtos de higiene menstrual. Paralelamente, é crucial que a educação inclua a conscientização sobre a dignidade menstrual nos currículos escolares. A partir dessas ações, espera-se promover o bem-estar de todos. Dessa maneira, certamente, a afirmação de Hobbes será vivenciadas
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
54 Exibições
por AninhaLr
0 Respostas 
85 Exibições
por Giulia2023
5 Respostas 
319 Exibições
por Lauany25
1 Respostas 
228 Exibições
por Mylike
O trabalho na construção da dignidade humana.
por sammmmm    - In: Outros temas
3 Respostas 
158 Exibições
por GeovanaAnt
0 Respostas 
98 Exibições
por LarissaSlv12
0 Respostas 
72 Exibições
por Wemadu
0 Respostas 
69 Exibições
por samiladuques
0 Respostas 
37 Exibições
por Gabyreis2929
0 Respostas 
31 Exibições
por Eve1010

No século XX, surgiu a terceira Revolução Industri[…]

Após a pandemia no Brasil houve queda nos índices[…]

A obra "Abaporu", da pintora Tarsila do […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM