• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#74925
Segundo a Constituição Federal promovida em 1988, é dever do Estado garantir o bem-estar social, assim como a segurança dos cidadãos. No entanto, é visível que os desafios ao combate sexual no país ainda torna-se um entrave a ser enfrentado e discutido entre as populações. Isso recorre dentre vários fatores, entre os quais é válido ressaltar a falta de leis por parte dos governantes, bem como o receio das vítimas em não denunciar o abuso sofrido.

Sob essa perspectiva, convém ressaltar em primeiro plano que desde os primórdios da humanidade as mulheres sempre foram tidas como um sexo inferior entre os indivíduos. Com isso, é indubitável afirmar que segundo inúmeras pesquisas, dados revelam que 90% desses assédios são dirigidos para essa classe feminina. Além disso, com a falta de leis não impostas pelos governos estatais o número desses assédios tende a crescer com o passar dos anos, visto que a configuração política desvaloriza os direitos humanos.

Transmitida pela Rede Globo, a novela "Malhação Vidas Brasileiras "é vista como um exemplo de debate ao tema, posto que uma aluna e protagonista da trama, Verena, sofreu perseguição por parte de seu próprio professor e ainda manteve-se calada por dias. Ademais, casos como esses são recorrentes por grande parcela das populações ao fato de sentirem medo ou ameaças por parte do agressor preferem desde então viverem a sofrer silenciadas. Posto isso, é visível que enquanto nada for feito essa problemática permanecerá viva no Brasil.

Diante do exposto, fica evidente que carência de leis, assim como o silêncio das vítimas são pontos de importante debate a serem solucionados. Para isso, o Estado, órgão de maior posição organizadora, deve promover maiores normas expostas através dos meios de comunicação como: emissoras de TVs, rádios ou redes sociais afim de manter a segurança populacional. Assim como, as comunidades podem garantir maiores relações com as fiscalizações policiais, promovendo a conscientização em denunciar as possíveis obsessões sexuais sofridas. Feito isso, os direitos impostos pela Constituição poderão ser validados na nação.


@jheromagnoli
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#75255
Segundo a Constituição Federal, promovida em 1988, é dever do Estado garantir o bem-estar social, assim como a segurança dos cidadãos. No entanto, é visível que os desafios ao combate sexual no país ainda torna-se um entrave a ser enfrentado e discutido entre as populações. Isso recorre dentre vários fatores, entre os quais é válido ressaltar a falta de leis por parte dos governantes, bem como o receio das vítimas em não denunciar o abuso sofrido.

Sob essa perspectiva, convém ressaltar em primeiro plano que desde os primórdios da humanidade as mulheres sempre foram tidas como um sexo inferior entre os indivíduos. Com isso, é indubitável afirmar que segundo inúmeras pesquisas,
< apresente a fonte] dados revelam que 90% desses assédios são dirigidos para essa classe feminina. Além disso, com a falta de leis não impostas pelos governos estatais o número desses assédios tende a crescer com o passar dos anos, visto que a configuração política desvaloriza os direitos humanos.

[faltou conectivo e apresentação do argumento] Transmitida pela Rede Globo, a novela "Malhação Vidas Brasileiras "é vista como um exemplo de debate ao tema, posto que uma aluna e protagonista da trama, Verena, sofreu perseguição por parte de seu próprio professor e ainda manteve-se calada por dias. Ademais, casos como esses são recorrentes por grande parcela das populações ao fato de sentirem medo ou ameaças por parte do agressor preferem desde então viverem a sofrer silenciadas. Posto isso, é visível que enquanto nada for feito essa problemática permanecerá viva no Brasil.

[colocar conectivo] Diante do exposto, fica evidente que carência de leis, assim como o silêncio das vítimas são pontos de importante debate a serem solucionados. Para isso, o Estado, órgão de maior posição organizadora, deve promover maiores normas expostas através < prefira outro sinônimo: por meio] dos meios de comunicação como: emissoras de TVs, rádios ou redes sociais afim < separado] de manter a segurança populacional. Assim como, as comunidades podem < fuja de sensação de dúvida, apresente certeza] garantir maiores relações com as fiscalizações policiais, promovendo a conscientização em denunciar as possíveis obsessões sexuais sofridas. Feito isso, os direitos impostos pela Constituição poderão ser validados na nação.
Saúde Pública no Brasil

OLÁ! Tudo bem? Espero que seu dia estej[…]

3m1ly aaah muito obrigada pela correç&ati[…]

Consumismo no Brasil

Eraldonunes eurodrigo Gi69 Anne24 Lol[…]

Jean Jaques Rosseau, filósofo iluminista, a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM