Avatar do usuário
Por thebox
Quantidade de postagens
#118415
Na vasta gama de obras literárias, filosóficas e sociológicas, encontram-se reflexões sobre uma sociedade harmoniosa e igualitária. Contudo, ao confrontar essas utopias com o contexto atual, depara-se com um cenário desafiador, especialmente quando se trata da valorização dos povos tradicionais e comunidades no Brasil. Diante disso, é importante explorar os fatores que contribuem para essa disparidade, incluindo a omissão estatal e a midiatização.

Em primeiro plano, a negligência governamental emerge como um dos fatores cruciais nesse obstáculo. O filósofo polonês Zygmunt Bauman argumenta que quando uma instituição se desvia de sua função original e se torna inoperante, ela assume uma condição de "zumbi". Analogamente, o Estado brasileiro pode ser comparado a esse conceito, especialmente na problemática em questão. Essa postura negligente contribui para a persistência da violência contra esses povos, colocando em risco sua dignidade, segurança e direitos.

Além disso, a mídia exerce uma influência significativa nessa questão. Como mediadora do conhecimento na sociedade atual, ela desempenha um papel central na formação de comportamentos, modas e atitudes, abrangendo uma ampla gama de assuntos, incluindo a valorização dos povos tradicionais. Nesse sentido, como a mídia aborda essas questões é crucial para promover um discurso inclusivo e preciso, que contribua efetivamente para o reconhecimento e valorização dessas comunidades.

Conclui-se, portanto, que é imprescindível adotar medidas efetivas para solucionar os desafios citados. Para isso, tanto o Governo quanto a mídia desempenham um papel fundamental nesse processo. O Governo deve implementar políticas públicas adequadas, que promovam a valorização e proteção dos povos tradicionais, enquanto a mídia deve disseminar informações de forma transparente e responsável. Somente por meio dessas ações conjuntas é possível esperar transformações significativas na sociedade, buscando uma realidade mais justa e equitativa para todos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
237 Exibições
por Felipe082
4 Respostas 
335 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
43 Exibições
por Ananda812
3 Respostas 
197 Exibições
por sandla
5 Respostas 
440 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
31 Exibições
por JuliaFdacruz
0 Respostas 
27 Exibições
por carolspita
1 Respostas 
132 Exibições
por Isaqueiroz06
0 Respostas 
41 Exibições
por Beatrizzz05
1 Respostas 
70 Exibições
por Matheusmv
Férias

Boa tarde, pessoal. Vou tirar férias da pla[…]

Do campo a cidade

As inovações ocorridas no meio agr&i[…]

Felipe082 , valeuzão pela correç&at[…]

Caiunao , valeuzão!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM