Avatar do usuário
Por Amandx193
Quantidade de postagens
#130875
Em sua obra "Utopia", o filósofo Thomas More apresenta uma sociedade perfeita, a qual é caracterizada pela ausência de mazelas sociais. Contudo, ao se analisar a conjuntura brasileira, vê-se uma oposição ao texto supramencionado, já que a desvalorização de comunidades e povos tradicionais compromete a harmonia coletiva nacional. Diante disso, têm-se um problema fomentado pelo silenciamento e pela negligência estatal.
Nesse contexto, destaca-se a omissão midiática como um dos fatores ligados à problemática. Segundo Djamila Ribeiro, é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Porém, há um silenciamento instaurado na questão do descaso de comunidades e povos tradicionais, uma vez que os meios de comunicação optam por dar pouca visibilidade a este problema, o que geral falta de conscientização e mobilização do corpo social. Por consequência, as soluções para o impasse são adiadas, perpetuando, dessa maneira, injustiças e desigualdades na sociedade.
Ademais, a negligência estatal é outro fator pertinente da adversidade. De acordo com Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar dos cidadãos. No entanto, tal responsabilidade não está sendo honrada quanto a desvalorização das comunidades e dos povos tradicionais no Brasil, visto que o Estado negligencia o problema ao promover como prioridades políticas questões irrelevantes. Isso acarreta em uma ausência de ações governamentais visam solucionar o problema, gerando danos a qualidade de vida dos indivíduos afetados. Dessa forma, percebe-se um desleixo do Governo no tocante ao revés.
Portanto, em virtude do silenciamento dos meios de comunicação e da negligência estatal, medidas precisam ser tomadas. Para isso, a mídia — tal como a TV e o rádio — deve criar um projeto que vise informar as pessoas sobre os desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil. Isso se deve ocorrer por meio de propagandas e reportagens televisivas, a fim de garantir os direitos dos cidadãos prejudicados e mobilizar a população. Desse modo, a sociedade ideal descrita por Thomas More pode ser comparada à realidade brasileira.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
1000
pontos
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Avatar do usuário
Por thewallflwr
Quantidade de postagens Amigos
#0
OI AMANDA, TUDO BEM? GOSTEI MUITO DA SUA REDAÇÃO E TROUXE UMA ANÁLISE MAIS DETELHADA SOBRE;
Amandx193 escreveu:Em sua obra "Utopia", o filósofo Thomas More apresenta uma sociedade perfeita, a qual é caracterizada pela ausência de mazelas sociais. Contudo, ao se analisar a conjuntura brasileira, vê-se uma oposição ao texto supramencionado, já que a desvalorização de comunidades e povos tradicionais compromete a harmonia coletiva nacional. Diante disso, têm-se um problema fomentado pelo silenciamento e pela negligência estatal.

Apresenta repertório sociocultural e teses plausíveis/coerentes com tema

Nesse contexto, destaca-se a omissão midiática como um dos fatores ligados à problemática. Segundo Djamila Ribeiro, é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Nota-se, Porém, há um silenciamento instaurado na questão do descaso de comunidades e povos tradicionais, uma vez que os meios de comunicação optam por dar pouca visibilidade a este problema, o que geral falta de conscientização e mobilização do corpo social. Por consequência, as soluções para o impasse são adiadas, perpetuando, dessa maneira, injustiças e desigualdades na sociedade.

boa argumentação, atinge o tema, eu aconselharia somar a exclusão da mídia com uma alienação social. Pois, nas poucas vezes que o cenário dos povos tradicionais é exposto, observa-se um desinteresse das massas em relação ao tema

Ademais, a negligência estatal é outro fator pertinente da adversidade. De acordo com Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar dos cidadãos. No entanto, tal responsabilidade não está sendo honrada quanto a desvalorização das comunidades e dos povos tradicionais no Brasil, visto que o Estado negligencia o problema ao promover como prioridades políticas questões irrelevantes, Isso acarreta acarretando em uma ausência de ações governamentais visam solucionar o problema, gerando danos a qualidade de vida dos indivíduos afetados. Dessa forma, percebe-se um desleixo do Governo no tocante ao revés.

bem estruturado, minha alteração foi meramente opcional. Sua ideia de Governo negligente é boa, mas não se trata de negligência pura, (pois existem órgãos governamentais em prol dos povos tradicionais) e sim de má administração e efetividade destes órgãos. Um bom complemento é a teoria de Bauman, Instituições Zumbis.

Portanto, em virtude do silenciamento dos meios de comunicação e da negligência estatal, medidas precisam ser tomadas. Para isso, a Mídia, ou o Governo Federal, através do Ministério das Comunicações — tal como a TV e o rádio — deve criar projetos que visem informar as pessoas sobre os desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil. Isso se deve ocorrer por meio de propagandas e reportagens televisivas, a fim de garantir os direitos dos cidadãos prejudicados e mobilizar a população. Desse modo, a sociedade ideal descrita por Thomas More pode ser comparada à realidade brasileira.
1
Avatar do usuário
Por thewallflwr
Quantidade de postagens Amigos
#130919
OI AMANDA, TUDO BEM? GOSTEI MUITO DA SUA REDAÇÃO E TROUXE UMA ANÁLISE MAIS DETELHADA SOBRE;
Amandx193 escreveu:Em sua obra "Utopia", o filósofo Thomas More apresenta uma sociedade perfeita, a qual é caracterizada pela ausência de mazelas sociais. Contudo, ao se analisar a conjuntura brasileira, vê-se uma oposição ao texto supramencionado, já que a desvalorização de comunidades e povos tradicionais compromete a harmonia coletiva nacional. Diante disso, têm-se um problema fomentado pelo silenciamento e pela negligência estatal.

Apresenta repertório sociocultural e teses plausíveis/coerentes com tema

Nesse contexto, destaca-se a omissão midiática como um dos fatores ligados à problemática. Segundo Djamila Ribeiro, é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Nota-se, Porém, há um silenciamento instaurado na questão do descaso de comunidades e povos tradicionais, uma vez que os meios de comunicação optam por dar pouca visibilidade a este problema, o que geral falta de conscientização e mobilização do corpo social. Por consequência, as soluções para o impasse são adiadas, perpetuando, dessa maneira, injustiças e desigualdades na sociedade.

boa argumentação, atinge o tema, eu aconselharia somar a exclusão da mídia com uma alienação social. Pois, nas poucas vezes que o cenário dos povos tradicionais é exposto, observa-se um desinteresse das massas em relação ao tema

Ademais, a negligência estatal é outro fator pertinente da adversidade. De acordo com Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar dos cidadãos. No entanto, tal responsabilidade não está sendo honrada quanto a desvalorização das comunidades e dos povos tradicionais no Brasil, visto que o Estado negligencia o problema ao promover como prioridades políticas questões irrelevantes, Isso acarreta acarretando em uma ausência de ações governamentais visam solucionar o problema, gerando danos a qualidade de vida dos indivíduos afetados. Dessa forma, percebe-se um desleixo do Governo no tocante ao revés.

bem estruturado, minha alteração foi meramente opcional. Sua ideia de Governo negligente é boa, mas não se trata de negligência pura, (pois existem órgãos governamentais em prol dos povos tradicionais) e sim de má administração e efetividade destes órgãos. Um bom complemento é a teoria de Bauman, Instituições Zumbis.

Portanto, em virtude do silenciamento dos meios de comunicação e da negligência estatal, medidas precisam ser tomadas. Para isso, a Mídia, ou o Governo Federal, através do Ministério das Comunicações — tal como a TV e o rádio — deve criar projetos que visem informar as pessoas sobre os desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil. Isso se deve ocorrer por meio de propagandas e reportagens televisivas, a fim de garantir os direitos dos cidadãos prejudicados e mobilizar a população. Desse modo, a sociedade ideal descrita por Thomas More pode ser comparada à realidade brasileira.
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
4 Respostas 
154 Exibições
por Alunaaaamed
1 Respostas 
188 Exibições
por LuizGustavo7
3 Respostas 
1419 Exibições
por Drpdc
0 Respostas 
40 Exibições
por Anabernardi
4 Respostas 
235 Exibições
por LuizGustavo7
0 Respostas 
32 Exibições
por geovania93
0 Respostas 
77 Exibições
por mary291
2 Respostas 
398 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
27 Exibições
por raquelkel02
0 Respostas 
53 Exibições
por Geh02

Segundo o empresário estadunidense Steve Jobs: &qu[…]

O livro "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

A lei seca foi implementada com o intuito de evita[…]

EXCLUIR REDAÇÃO!!!

Você poderia excluir a minha primeira redação de &[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!