Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60727
A constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6.º, o direito a saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa os desafios para a vacinação na sociedade brasileira, dificultando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater os desafios da vacinação. Nesse sentido, tal problema vem permeante a sociedade culminando uma série de adversidades a exemplo da volta de doenças imunofluorescíveis, populações vulneráveis cada vez mais desprotegidas e os aumentos de mortes por doenças. Essa conjunta, segundo John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como saúde, o que infelizmente é evidente no país.
Ademais, e fundamental apontar as notícias falsas sobre as vacinas, mesmo antes da chegada da pandemia do novo coronavírus, devido ao excesso de informação, o movimento antivacina, que segundo a Organização Mundial de Saúde(OMS) declarou em seu relatório, como um dos dez maiores riscos à saúde mundial, essa revolta é perigosa porque ameaça retroceder o progresso obtido no combate a doenças que podem ser evitadas com vacina, como a poliomielite e o sarampo. Lamentavelmente o movimento contra a vacina ganhou força novamente em vários países, isso pode estar sendo motivado por desconfiança da eficácia da vacina ou por negligência em relação às indicações de imunização.
Depreende-se, portanto a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, e imprescindível que o governo federal, órgão que exerce poder político e determina a orientação de uma sociedade, por meio do Ministério da Saúde devem fazer palestras e campanhas, com o intuito de diminuir os desafios da vacinação na sociedade brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A pandemia de negacionismo no mundo

Sob a perspectiva histórica, é fato[…]

Em uma sociedade onde ler se tornou tedioso, utili[…]

• O Aumento dá violência contra […]

Akirakun18 , Andree Desculpa te incomodar,mas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM