• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#65646
Desde que o home deixou de ser nômade , e se estabeleceu em vilarejos , a questão da moradia passou a ser crucial. Sendo esse aspecto , no Brasil contemporâneo, muito complexo devido ao deficit habitacional que precisa ser superado Para isso, as condições precárias de moradia e a especulação imobiliária devem ser amenizadas.
    Na canção A casa de Vinícius de Moraes no trecho: " Era uma casa muito engraçada não tinha teto , não tinha nada", de uma forma lúdica percebemos o deficit habitacional . Mostrando deste essa época, as péssimas condições de moradia como pessoas sem teto ou morando em favelas sem rede de esgoto e de água encanada e em áreas periféricas. Consequentemente, revelando a carência de políticas públicas e planejamento imobiliário.
      No continente nacional, as capitais nordestinas são as que mais sofrem com a especulação imobiliária com a finalidade de vender ou alugar imóveis com alto lucro , especialmente os à beira mar. Além disso, esse ágio já vem incluso no termo de construção nos imóveis nas áreas de intensa e valorizada ocupação.
        Diante do exposto, para amenizar o déficit habitacional , o Estado precisa doar imóveis públicos inativos para fins de moradia e restauração para pessoas carentes, como também cobrar mais de 30 % de imposto sobre o preço de mercado para os cidadãos que possuem mais de três imóveis.
          Competência 1

          Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

          Sua nota nessa competência foi: 100

          Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

          Competência 2

          Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

          Sua nota nessa competência foi: 130

          Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

          Competência 3

          Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

          Sua nota nessa competência foi: 100

          Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

          Competência 4

          Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

          Sua nota nessa competência foi: 110

          Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

          Competência 5

          Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

          Sua nota nessa competência foi: 110

          Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

          #65648
          Essa é a minha primeira redação , estou ainda no fundamental e tenho mais de três anos para fazer o ENEM . Porém , acredito que devemos conhecer deste cedo.
          Podem fazer as correções bastante sinceras, sei que tenho muitooooo a melhorar.

          Se alguém puder dar uma olhadinha , @Felipe082, @eurodrigo, @Helenamora ou outro corretor, agradeceria.

          :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
          #65797
          @PedroAlex, vamos lá.

          Desde que o home deixou de ser nômade ,(não há necessidade dessa vírgula) e se estabeleceu em vilarejos , a questão da moradia passou a ser crucial. Sendo esse aspecto(Há melhores conectivos que esse) no Brasil contemporâneo, muito complexo devido ao déficit(faltou o acento agudo) habitacional que precisa ser superado Para isso, as condições precárias de moradia e a especulação imobiliária devem ser amenizadas. Poderia desenvolver mais a contextualização e o tema, sua introdução acabou ficando rasa demais..

          (Faltou a retomada da tese e o conectivo!) Na canção "A casa"(Tem que colocar aspas ao citar o nome de filmes, livros, músicas, etc.) de Vinícius de Moraes( especifique quem é: Vinícius de Moraes, poeta brasileiro.) no trecho: " Era uma casa muito engraçada não tinha teto , não tinha nada", de uma forma lúdica percebemos o déficit(faltou o acento agudo) habitacional . Mostrando deste(desde)essa época ,(não há necessidade dessa vírgula) as péssimas condições de moradia ,como pessoas sem teto ou morando em favelas sem rede de esgoto e de água encanada e em áreas periféricas(uso desnecessário da conjunção "e". Poderia ser assim: "[...] como pessoas sem teto ou morando em favelas sem rede de esgoto, sem água encanada e em áreas periféricas"). Consequentemente, revelando a carência de políticas públicas e planejamento imobiliário. A argumentação tem que melhorar, não fica clara a relação do trecho da música com o problema, por exemplo. Desenvolva mais!

          (Faltou a retomada da tese e o conectivo!)No continente nacional, as capitais nordestinas são as que mais sofrem com a especulação imobiliária com a finalidade de vender ou alugar imóveis com alto lucro , especialmente os à beira mar. Além disso, esse ágio já vem incluso no termo de construção nos imóveis nas áreas de intensa e valorizada ocupação. Esse parágrafo possui os mesmo problemas do anterior, além de ser ainda mais raso.

          Diante do exposto, para amenizar o déficit habitacional , o Estado(AGENTE) precisa doar(AÇÃO) imóveis públicos inativos para fins de moradia e restauração para pessoas carentes, como também cobrar(AÇÃO) mais de 30 % de imposto sobre o preço de mercado para os cidadãos que possuem mais de três imóveis. Sua conclusão não apresenta todos os elemento necessário, possui somente o agente e a ação. A conclusão tem de ser bem trabalhada e detalhada.

          Sua redação é muito pequena, apenas 1345 caracteres. Redações nota mil sempre possuem mais de 2500 caracteres. Desenvolva mais suas ideias e argumentações.

          Enfim, não sou um especialista em correção de redações. Então sugiro que espere uma pontuação e uma melhor correção de algumas das pessoas que você já mencionou.

          Continue escrevendo. Não desanime, parceiro. :D

          Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

          Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

          A constituição Federal de 1988,docum[…]

          No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

          Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

          Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM