Avatar do usuário
Por Kaicfabio41
Quantidade de postagens
#124509
A telenovela brasileira “Chiquititas” retrata as dificuldades de adolescentes a serem adotados no orfanato. Em síntese, a telenovela condiz com a atual realidade brasileira, na qual não se tem valorizado a promoção da cultura de adoção no Brasil, possibilitando o distanciamento dessa prática adotiva. Assim, é preciso refletir não só sobre a demora do processo seletivo adotivo, que é uma das causas desse problema, como também a falta de visibilidade da adoção.
Nesse sentido, acredita-se que a lentidão para o processo seletivo do sistema de adoção contribui para a adversidade em discussão. De acordo com a matéria do telejornal da UOL, o “processo para adoção é no máximo seis meses”. Dessa forma, é perceptível a retardação para a conclusão da adoção, devido à seletividade padronizada pelos mesmos padrões, que prejudica aqueles que continuam no orfanato. Tal estereótipo precisa ser desconstruído para que haja equidade no processo seletivo adotivo.
A partir dessa ótica, vale ressaltar a invisibilidade cultural da adoção, que é uma das principais barreiras para esse público em foco. Segundo a escritora brasiliense Djamila Ribeiro, ela afirma que para se atuar em uma situação deve-se antes de tudo tirá-la da invisibilidade. Dentro dessa lógica, é triste a existência da exclusão dessa parcela social que não tem sido devidamente valorizada. Sendo assim, é fundamental construir a valorização da adoção que passa despercebida pela sociedade.
Portanto, é essencial que o governo mitigue os desafios supracitados. Para isso, o Ministério dos Direitos Humanos - órgão responsável por promover políticas públicas para a inclusão de grupos minoritários - deve implementar um sistema de adoção eficiente em relação aos empecilhos enfrentados anteriormente, por meio da inserção das mídias sociais para o entendimento do conhecimento adotivo. A fim de atenuar os desafios enfrentados para a promoção da cultura de adoção no Brasil, para que assim não ocorra o que aconteceu em “Chiquititas”: a exclusão daqueles despadronizados.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
89 Exibições
por Dacar
0 Respostas 
62 Exibições
por Hellenara
0 Respostas 
55 Exibições
por Hellenara
4 Respostas 
224 Exibições
por Casey12
5 Respostas 
121 Exibições
por RayaneSC
0 Respostas 
46 Exibições
por Thaamaceda
0 Respostas 
43 Exibições
por Thaamaceda
1 Respostas 
69 Exibições
por 125
2 Respostas 
105 Exibições
por Isa30
0 Respostas 
36 Exibições
por Thaisutql

O romance filosófico "Utopia&q[…]

A sociedade brasileira, ao longo dos último[…]

Caiunao Felipe082 Poderiam da uma olhada por […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM