Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#48158
No livro "Utopia", o escritor e filósofo Thomas More, retrata uma sociedade perfeita, no qual o corpo social goza da ausência de conflitos e problemas. Entretanto, esse ideal se afasta da atual conjuntura brasileira, já que os desafios da leitura infantil representa um obstáculo no país. Nesse sentido, é válido afirmar que a passividade governamental e a negligência familiar contribuem para a perpetuação desse cenário negativo.
Sob esse viés, vale ressaltar o descaso governamental como impulsionador desse revés. De acordo com a Constituição Federal de 1988, é responsabilidade do Poder Público produzir Políticas Públicas para garantir os direitos básicos aos cidadãos, porém isso não se aplica na realidade, já que o Governo investe de maneira mínima à destinação de livros infantis às escolas, não há planejamento para aprimorar as bibliotecas com seções exclusivas para as crianças e eventos que potencializam o interesse pela leitura. Então, a inoperância estatal culmina em um rompimento dos ideais descritos na Carta Magna.
Ademais, é necessário frisar que a negligência familiar é um fator determinante na colaboração do entrave. Conforme Talcott Parsons, a família é uma máquina de construção do indivíduo, mas grande parte dos pais brasileiros negligenciam a leitura de seus filhos ao priorizar as redes e artigos eletrônicos , no qual não trata a leitura como ato fundamental para seu desenvolvimento social e intelectual. Consequentemente, as crianças crescem sem o contato literário e a responsabilidade recai apenas ao ambiente escolar.
É imprescindível, portanto, que medidas sejam tomadas para que o impasse possa ser amenizado. Logo, cabe ao Governo Federal, como órgão de administração executiva, investir em reformas e criações de bibliotecas para o público infantil, criar projetos na mídia que incentivem o hábito literário. Isso pode ser feito por meio de lives com presença de professores e escritores nacionais, com fito que mostrar como o poder dos livros é transformador na construção da cidadania. Além disso, a família deve criar o hábito de leitura coletiva com os filhos para que a leitura seja mais valorizada. Sendo assim, a perspectiva de Thomas More e da Carta Cidadã poderão ser aplicadas no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#48167
Irei corrigir está redação, espero ajudar em algo.
Comentários
Erros

No livro "Utopia", o escritor e filósofo Thomas More, retrata uma sociedade perfeita, no qual o corpo social goza da ausência de conflitos e problemas. Contextualização boa, apesar de ser bastante generalista Entretanto, esse ideal se afasta da atual conjuntura brasileira, já que os desafios da leitura infantil representa um obstáculo no país. Nesse sentido, é válido afirmar que a passividade governamental e a negligência familiar contribuem para a perpetuação desse cenário negativo. Boa introdução, contextualiza e apresenta a tese

Sob esse viés, vale ressaltar o descaso governamental como impulsionador desse revés. De acordo com a Constituição Federal de 1988, é responsabilidade do Poder Público produzir Políticas Públicas para garantir os direitos básicos aos cidadãos, porém isso não se aplica na realidade, já que o Governo investe de maneira mínima à destinação de livros infantis às escolas, não há planejamento para aprimorar as bibliotecas com seções exclusivas para as crianças e eventos que potencializam o interesse pela leitura. Então, a inoperância estatal culmina em um rompimento dos ideais descritos na Carta Magna. Boa argumentação, falta apenas mais aprofundamento no argumento

Ademais, é necessário frisar que a negligência familiar é um fator determinante na colaboração do entrave. Conforme Talcott Parsons, a família é uma máquina de construção do indivíduo, mas grande parte dos pais brasileiros negligenciam a leitura de seus filhos ao priorizar as redes e artigos eletrônicos , no qual não trata a leitura como ato fundamental para seu desenvolvimento social e intelectual. Consequentemente, as crianças crescem sem o contato literário e a responsabilidade recai apenas ao ambiente escolar. De forma similar ao paragráfo anterior, boa argumentação, mas falta aprofundamento na argumentação

É imprescindível, portanto, que medidas sejam tomadas para que o impasse possa ser amenizado. Logo, cabe ao Governo Federal, como órgão de administração executiva, investir em reformas e criações de bibliotecas para o público infantil, Deveria ter "E", ao invés de vírgula criar projetos na mídia que incentivem o hábito literário. Isso pode ser feito por meio de lives com presença de professores e escritores nacionais, com fito que mostrar como o poder dos livros é transformador na construção da cidadania. Além disso, a família deve criar o hábito de leitura coletiva com os filhos para que a leitura seja mais valorizada. Sendo assim, a perspectiva de Thomas More e da Carta Cidadã poderão ser aplicadas no Brasil. Falta detalhamento de ambas as propostas de intervenção

GlendaMorais , Ashiley , XxDamastco , Jenif[…]

No cenário social vigente, o estigma associ[…]

Muito obrigado pela correção!! Sobre[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM