Avatar do usuário
Por matheusyaohu
Quantidade de postagens
#121811
O ouvido prova as palavras como a língua o alimento, apotegma do rei Salomão em 970 a.C.

Filósofos renomados como Sócrates, Platão, Aristóteles .... e líderes como Nelson Mandela, Mahatma Gandhi, Mestre Jesus Cristo.... lecionavam a existência de 2 tipos de surdos, enquanto um era para o som, o outro era para sabedoria. Salientado no provérbio de Yeshua: os ignorantes tem ouvidos mas não ouvem, em contrapeso Sócrates exclama; a sabedoria é a audição dos surdos.

Acolitando o protótipo supracitado, quando o insipiente ouve erudição o surdo escuta evolução.

Para superar os desafios educacionais dos surdos no brasil é fulcral analisar os dados:

Segundo o IBGE cerca de 2,2 milhões têm deficiência auditiva severa, pesquisa feita pelo IMD World Competitiveness Center comparou a competência educacional de 64 nações, o Brasil teve a pior avaliação, alcançando a 64ª posição, em termos per capita, o mundo investe em média US$ 6.873 (cerca de R$ 34,5 mil) por estudante anualmente, enquanto o Brasil aplica apenas US$ 2.110 (R$ 10,6 aproximadamente), indigitado pelo Pnad o Brasil tem 11 milhões de analfabetos e patenteado pela Mec, nos anos finais do ensino fundamental o Ideb de 2021 foi de 5,1 ( média de nota do aluno),o que vulgariza a mediocridade pedagógica. O imo dos dados ratifica que a crise educacional não foca nos surdos, eles são apenas fruto da arvore educacional doente cujo os ramos engloba todos os grupos estudantis, não adianta podar os ramos se a raiz está podre pela corrupção generalizada reconhecida internacionalmente, é necessário plantar uma nova árvore, cuja raiz se nutri da justiça , a problemática não está no que se estuda, mas como se ensina , os surdos não ouvem porque os sãos não escutam (tese socrática).

O ponto dissertado é: evolução requer revolução, a linha histórica prova sua evolução pelas suas revoluções marcantes. Mister é, 2024 ser o ano da revolução educacional, os 214,3 milhões de patriotas urgem conhecer o conhecimento, segundo Alexandre o Grande, o saber é o pai da prosperidade, oposto de vão outorgar este ser um dos sustentáculos da Noruega( país mais desenvolvido do mundo).

O caminho da revolução será agir no sentido oposto que o Brasil tem navegado educacionalmente por 81 anos desde 1942. Mover-se na via contrária aos dados seria investir o mínimo de US$ 6.000 anual ao discente. Adornar as escolas com assessores profissionais psicólogos, psiquiatras e neurocientistas, pois os estudantes não são ineptos, todavia não aprenderam a aprender, axiomaticamente o revés está em como usar a inteligência e não na inteligência, tem-se aulas de matemática, em contrapartida não se tem aulas de como se concentrar, ciência emocional, inteligência social, ausente o tal combustível o carro da mente não desfruta das viagens matemáticas, pois é para vida que se a usa ( tese do psiquiatra Augusto Cury). Como tais renovações sanariam os desafios de instrução para os surdos? Se focar somente no ramo dos surdos a arvore educacional doente afetará novamente o fruto dos deficientes auditivos, contrapondo, se o Estado focaliza na árvore educacional de forma geral, não somente os surdos frutificam ventura mas todos os setores estudantis do Brasil, prosperando a nação com um todo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
7 Respostas 
234 Exibições
por MrMago
0 Respostas 
59 Exibições
por Th4isxz
0 Respostas 
84 Exibições
por deborasb
6 Respostas 
253 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
80 Exibições
por Luizatc04
0 Respostas 
71 Exibições
por kamilly1
0 Respostas 
41 Exibições
por Jhon05
0 Respostas 
63 Exibições
por andsgab
7 Respostas 
385 Exibições
por Kellyy
0 Respostas 
98 Exibições
por CRODARTE

O romance filosófico "Utopia&q[…]

A sociedade brasileira, ao longo dos último[…]

Caiunao Felipe082 Poderiam da uma olhada por […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM