• Avatar do usuário
#65336
É de conhecimento geral, a grande dificuldade que pessoas surdas enfrentam ao tentar encontrar um espaço receptivo no mercado de trabalho. Por possuir determinadas limitações físicas, deficientes auditivos constantemente têm suas capacidades e conhecimentos profissionais questionados preciptadamente, por isso, sentir-se adequadamente inclusos no ambiente de trabalho, acaba sendo uma das maiores dificuldades que deficientes auditivos enfrentam ao longo da vida profissional.

É de suma importância, que os profissionais observem as necessidades e acolham os funcionários que sofrem de perda auditiva, auxiliando no preparo da equipe. De acordo com a lei brasileira de inclusão, as empresas devem ter cerca de 2% a 5% de funcionários com deficiências, os incluindo na equipe, utilizando conjuntos de meios e ações que combatem a exclusão desse funcionário, oferecendo oportunidades iguais de acesso. No entanto, as oportunidades para deficientes auditivos são poucas, pois, mesmo com a lei em vigor, a acessibilidade ainda precisa de ajustes.

Diversos fatores dificultam a inclusão do funcionário que sofre de perda auditiva, como por exemplo, a falta de comunicação. É muito comum que esse funcionários não consigam se expressar ou serem entendidos de forma clara por seus colegas de trabalho. Além de prejudicar o trabalho coletivo, a falta de comunicação prejudica o desenvolvimento profissional do funcionário surdo, que não é visto com muito potencial pela empresa. Justamente por isso, e por muitas outras dificuldades, os demais funcionários devem acolher uns aos outros, deixando o preconceito de lado.

Deste modo, é ideal que as empresas façam uma boa recepção e acolhimento, e também, para auxiliar e facilitar essa boa relação no ambiente de trabalho, apostem na formação de um comitê de inclusão, para que toda a equipe seja formada por especialistas em recursos humanos. Apostar na contratação de um intérprete de libras, também é essencial para facilitar a comunicação a aproximação dos funcionários. Assim, os funcionários com surdez estarão inclusos em um ambiente tranquilo e seguro, tendo uma vida profissional plena.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Constituição Federal Brasileira, p[…]

╭──────────────╯ ✍ ⌕ 𖨂 Correção d[…]

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM