• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#79432
(Sim galera, coube na folha de redação kkk)

A Constituição Cidadã, vigente no Brasil desde 1988, firma, por meio de seu Artigo 3º, a erradicação das desigualdades sociais como objetivo primordial da nação. Nesse sentido, a efetivação de tal meta compreende redução da pobreza e da marginalização ainda marcantes na sociedade brasileira hodierna. Prova desse imenso abismo social, é a “Pobreza Menstrual”, situação de carência vivenciada por inúmeras mulheres devido à falta de acesso a produtos de higiene básicos, como absorventes, para lidar com seu ciclo menstrual. Acerca desse óbice, é lícito elucidar que a alienação do corpo civil e a inoperância estatal fomentam o quadro, constituindo, assim, os principais desafios no combate a essa problemática.
Com base nisso, é relevante destacar que, na maioria das vezes, parte dos indivíduos não estão conscientes da pluralidade socioeconômica brasileira e, tal alienação os impede de compreender a necessidade de reivindicar mudanças. Sobre essa temática, o filósofo chileno Vladimir Safatle pontua a “política do condomínio” como causadora dessa abstenção. Sob essa ótica, os abastados tendem a construir condomínios onde se relacionam apenas com seus semelhantes, e, imersos nessa rede de relações seletivas, não experienciam outras realidades, se tornando incapazes de perceber o que está fora dos muros construídos. Em síntese, a pobreza e a marginalização das mulheres de baixa renda é invisibilizada e a escassez de absorventes e coletores menstruais é negada, deixando-se de urgir por mudanças, o que, em peso, contribui para a permanência da desigualdade, eco de uma sociedade elitista.
Outrossim, essa conjuntura agrava a negligência estatal no que tange ao fornecimento escasso de recursos para os marginalizados. Com base nisso, o sociólogo polonês Zygmunt Bauman desenvolveu o conceito de “instituições zumbis” para resumir a tendência de perca de função social nas organizações, dentre elas o Estado. Sendo assim, ainda que constitucional, o direito à igualdade previsto no artigo 3º não é efetivado na prática, isso porque, o governo vem se mostrando incapaz de garantir as atribuições a ele designadas. Logo, na falta de assistência estatal, as mulheres pobres, habitantes das margens dos condomínios sociais, não têm meios para galgar uma existência digna, pois carecem dos mesmos recursos que o resto da população, principalmente no que diz respeito à higiene básica durante o período menstrual.
Portanto, é mister o engajamento da população carente na conscientização do Estado e da comunidade sobre seu problema. Depois disso, o Ministério da Saúde, em consonância com as Unidades Básicas de Saúde (UBS) atuará na distribuição gratuita de absorventes e coletores menstruais a mulheres de baixa renda. Tal ação deve ser efetivada por meio de contrato com as instituições privadas que produzem tais itens, podendo-se, para tanto, oficializar nesse documento a obrigatoriedade da doação desses itens pelas mesmas, as UBS, de maneira que as doações correspondam a 5% da produção anual de tais empresas. Objetiva-se assim, garantir a efetividade da Constituição Cidadã e diminuir as desigualdades sociais.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#79433
Olá!! Espero que estejam bem nessa reta final para o enem! Falta tão pouco para eu atingir minha aprovação em medicina pelo enem e as correções demandam um olhar muito detalhado de pessoas que já têm experiência, espero que possam me ajudar, vai demorar menos que 5 min. Conto com a correção de vocês, e já adianto que podem contar com a minha. Muito obrigada desde já.



@Deivid16 @eurodrigo @Anne24 @EmillyySilva @Loloy @EduardoPedro @Gi69 @anacar12340 @Hods @anasilva1 @yukine @geoca @Mireli2021 @Jennyy1609 @isaisaisa @EuDavila
@Felipe082 @Ashiley @jheromagnoli @duanalin @Jeniffeeee @GlendaMorais @Geralcinoj @Anna1 @XxDamastco @Flaviaa @eurodrigo @3m1lly @EmillyySilva
#79575
Parabéns pela redação! Excelentee!
Acredito que na introdução o correto seria pobreza menstrual com "p" e "m" minúsculos, sem aspas. Vi só um errinho de vírgula, além do que já citei.
analfabetismo no Brasil

Oi, Iurymed , tudo certo? bora lá (lembran[…]

Título: Mais problemas O programa mais m&[…]

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Como a arte pode ser inclusiva no Brasil? Ao menc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM