• Avatar do usuário
#64358
É evidente que a passagem da adolescência para a maioridade é importante para o desenvolvimento dos futuros cidadãos, os quais, lamentavelmente, são obrigados a passar por vários desafios em meio á atualidade, como a pressão social trazida pela modernidade. Portanto, a sociedade deve refletir não só sobre a dependência virtual dos jovens, mas também sobre a personalidade indiferente trazida pelos aparelhos digitais.

Em primeiro plano, é possível afirmar que a nova geração de jovens , a chamada ”Geração Z”, se tornou muito mais abstinente pela facilidade da tecnologia. Segundo o site ”Cultura e Ciência”, mais de 7,8 milhões de jovens usam as redes sociais como ferramentas para o cotidiano, como aplicativos para compras, filmes, músicas e transporte. Dessa forma, infelizmente, eles levam um estilo de vida virtual em que todas as tarefas são realizadas pelos eletrônicos, enquanto os jovens crescem com menos atitudes, mais fobias sociais e deixam que a tecnologia se torne mais importante que a vida real.

Em seguida, vale ressaltar que a necessidade excessiva de utilizar os aparelhos para fins humanos faz com que os jovens criem uma personalidade indiferente ao mundo. De acordo com a tese do filósofo Zygmunt Bauman, a sociedade atual se torna cada vez mais fria, menos presente e mais e mais virtual conceituando isso como Sociedade Líquida. Nesse sentido, inaceitavelmente, a ”Geração Z” absorve a insensibilidade dos aparelhos eletrônicos e , mesmo que sem esse propósito, se torna a geração antipática em busca de satisfazer as relações virtuais e não as reais impossibilitando os jovens a terem um futuro social saudável.

Com vista no que foi mencionado, é necessário impedir que os futuros cidadãos se inspirem em máquinas. Desse modo, o Ministério da Saúde deve criar o programa voltado aos jovens que abordará o tema do uso de celular e da socialização, por meio de verbas governamentais. Além disso, o projeto terá o nome de ”Futuro Brasil” e será abordado dentro das escolas em jogos e palestras coletivas sem uso de aparelhos eletrônicos. Assim, será possível atender as perspectivas da sociedade sobre os jovens do século XXI, acabando com os obstáculos
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Violência nos estádios de futebol

A origem da violência dentro das torcidas or[…]

Ei, desculpa pelo atraso com o retorno. Tenho fica[…]

Violência nos estádios de futebol

A origem da violência dentro das torcidas or[…]

jherodrigues , Deivid16 , Bom, em algumas parte[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM