Avatar do usuário
Por RafaelVilar
Quantidade de postagens
#128985
Na obra "Utopia", de Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita e em harmonia, a qual é livre de conflitos e mazelas. Todavia, fora de ficção, a realidade contemporânea está distante dessa idealização de More, haja vista a falta de oportunidades no empreendedorismo feminino. Logo, é válido destacar a omissão estatal e os antigos pensamentos como desafios que perpetuam o problema.

Percebe-se, a princípio, que a negligência governamental possui íntima relação com o revés. Nessa ótica, John Locke — expoente filósofo inglês — desenvolveu o conceito de "contrato social", que diz respeito ao dever do Estado de garantir direitos básicos aos indivíduos. No entanto, esse conceito postulado por Locke não tem sido efetivado no Brasil, visto que, devido à ausência de incentivo governamental, as mulheres não conseguem exercer o seu direito ao trabalho, pois, tendo em vista que diversas impostas à classe feminina, como cuidar da casa e dos filhos, encontram-se inviabilizadas de empreender. Dessa forma, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.

Ressalta-se, ademais, os pensamentos ultrapassados como promotores da ausência de oportunidades para as empreendedoras. Nesse contexto, Gilberto Freyre, em sua obra "Casa-grande e senzala", denuncia a tendência que o brasileiro tem de seguir padrões culturalmente enraizados. Sob esse viés, o relato de Freyre é verificado na sociedade, uma vez que as mulheres, ao ingressarem no empreendedorismo, enfrentam obstáculos a respeito do seu gênero, como críticas degradantes e julgamentos preconceituosos, dificultando a motivação da classe feminina em obter chances no ramo do negócios. Destarte, é imprescindível que haja mudança.

É necessário, portanto, que o Estado, junto com os departamentos competentes, incentive o progresso das mulheres no empreendedorismo, por intermédio de recursos financeiros destinados às empreendedoras — que contribuam para amenizar as demais tarefas, priorizando os negócios empresariais —, a fim de diminuir a inoperância estatal sobre a problemática. Urge, também, que a mídia — responsável pela propagação de informações — divulgue a importância do empreendedorismo feminino, mediante entrevistas com empresárias e especialistas no assunto, com o intuito de extinguir os antigos pensamentos sobre as mulheres. Desse modo, uma sociedade mais próxima da que é citada em "Utopia" será consolidada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
Desafios para o empreendedorismo feminino
por dudaduque8    - In: Outros temas
0 Respostas 
133 Exibições
por dudaduque8
0 Respostas 
43 Exibições
por ruthcarvalho
0 Respostas 
20 Exibições
por Mari1306
0 Respostas 
110 Exibições
por HenFSs
1 Respostas 
453 Exibições
por Eli79
0 Respostas 
69 Exibições
por Tataborges
1 Respostas 
48 Exibições
por Zenebra
0 Respostas 
57 Exibições
por Espartano
0 Respostas 
32 Exibições
por WagnerNeto
0 Respostas 
127 Exibições
por AnaClara13

A Declaração Universal dos Direitos […]

ㅤㅤEm um cenário de constantes transforma&cc[…]

A relação do homem com o trabalho, a[…]

Abandono paterno no Brasil

Caiunao

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM