• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#79130
Segundo a Declaração dos Direitos Humanos, os indivíduos são iguais em dignidade e direitos. No entanto, tal premissa não é verificada na realidade brasileira, uma vez que o sistema penitenciário, em muitas situações, é banalizado e precário por parte do governo que negligencia os recursos básicos a esse corpo social. Nesse sentido, observa- se um delicado cenário, que tem como causas a educação lacunar e a insuficiência das leis.
Dessa forma, em primeira análise, o falho sistema educacional é um desafio presente nesse imbróglio. Para Kant, o ser humano é resultado da educação que possui. Sob essa ótica, infere-se o quanto o processo educacional é insatisfatório motivando em uma mentalidade desses cidadãos de que seu papel social não pode ser adulterado fazendo com que haja uma reincidência de crimes. Assim, urge que a educação seja melhorada como defendeu o pensador.
Em paralelo a impotência legislativa é um entrave no que tange a problemática. Consoante Dimenstein explica que no Brasil as leis são inefetivas, o que gera uma falsa sensação de cidadania. Nessa perspectiva, as leis deveriam garantir o bem-estar desta comunidade. Entretanto, é nítida a escassez de recursos primordiais como exemplo: uma infraestrutura e assistência médica integral. Suscitando em um crime constitucional do direito à igualdade a todos. Logo, é urgente que a cidadania de papel de que o jornalista falou - seja superada.
Portanto, é indispensável intervir sobre a questão. Para isso, o Governo deve criar políticas públicas, por meio do investimento de programas destinados aos recursos humanos no sistema carcerário, a fim de reverter essa deficiência nas leis que impera. Tal ação pode, ainda, contar com projetos de ressocialização para mudar o pensamento coletivo sobre esses sujeitos. Paralelamente, é preciso intervir sobre a falência educacional presente nesse impasse. Dessa forma, será possível tornar os preceitos da Declaração Universal dos Direitos Humanos uma realidade mais próxima.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#79178
Segundo a Declaração dos Direitos Humanos, os indivíduos são iguais em dignidade e direitos. No entanto, tal premissa não é verificada na realidade brasileira, uma vez que, o sistema penitenciário, em muitas situações, é banalizado e precário por parte do governo, que negligencia os recursos básicos a esse corpo social. Nesse sentido, observa- se um delicado cenário, que tem como causas a educação lacunar e a insuficiência das leis.
Dessa forma, em primeira análise, o falho sistema educacional é um desafio presente nesse imbróglio. Para Kant, o ser humano é resultado da educação que possui. Sob essa ótica, infere-se, o quanto o processo educacional é insatisfatório, motivando em uma mentalidade desses cidadãos de que seu papel social não pode ser adulterado, fazendo com que haja uma reincidência de crimes. Assim, urge que a educação seja melhorada como defendeu o pensador.
Em paralelo, a impotência legislativa é um entrave no que tange a problemática. Consoante, Dimenstein explica que no Brasil, as leis são inefetivas, o que gera uma falsa sensação de cidadania. Nessa perspectiva, as leis deveriam garantir o bem-estar desta comunidade. Entretanto, é nítida a escassez de recursos primordiais, como exemplo: uma infraestrutura e assistência médica integral. Suscitando em um crime constitucional do direito à igualdade a todos. Logo, é urgente que a cidadania de papel de que o jornalista falou - seja superada.
Portanto, é indispensável intervir sobre a questão. Para isso, o Governo deve criar políticas públicas, por meio do investimento de programas destinados aos recursos humanos no sistema carcerário, a fim de reverter essa deficiência nas leis que impera. Tal ação, pode ainda, contar com projetos de ressocialização, para mudar o pensamento coletivo sobre esses sujeitos. Paralelamente, é preciso intervir sobre a falência educacional presente nesse impasse. Dessa forma, será possível tornar os preceitos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, uma realidade mais próxima.

OBS: Fiz algumas sugestões em cores diferentes, porem na hora de passar para a plataforma elas ficaram todas iguais.

1 - Erros de pontuação.
2 - “na realidade” (expressão prolixa), poderia ser substituída por, “no cenário”
3 - “uma vez que” (expressão prolixa), poderia ser substituída por “visto que” ou “dado que”
4 - “precário”, parece estar perdido na frase
5 - “observa- se”, tem espaço além do necessário
6 - Dessa forma, em primeira análise, (falta um termo de ligação), o falho sistema educacional... Sugestão: “percebe-se que... nota-se que... torna-se explícito que” ...é um desafio presente nesse imbróglio. (falta um termo de ligação) Para Kant, o ser humano é resultado da educação que possui. Sugestão: “assim como ressalta”
(Dessa forma, em primeira análise, torna-se explícito que o falho sistema educacional seja um desafio presente nesse imbróglio, assim como ressalta Kant, o ser humano é resultado da educação que possui).
7 - “a fim de” (expressão prolixa), poderia ser substituída por, “de modo a”
8 – Proposta de intervenção:
Agente: “O Governo” Defina melhor, tipo: Ministério, Instituições e etc. “O Governo, através do Ministério da Justiça e da Segurança Pública”
Ação: “criar políticas públicas, por meio do investimento de programas destinados aos recursos humanos no sistema carcerário” – O que seria feito nesses programas?
Meio/Modo: “criar políticas públicas, por meio do investimento de programas destinados aos recursos humanos no sistema carcerário” – De que maneira seria aplicado esses programas?
Detalhamento: Faltou explicação ou exemplificação da ação sugerida.
Finalidade: A finalidade poderia ter quais direitos seriam garantidos a partir da ação proposta.

Antes de qualquer descontentamento, peço que leve em consideração que eu estou começando agora. Portanto existe uma grande possibilidade de eu cometer erros e/ou injustiças nas correções.
Quaisquer dúvidas, estou a disposição.

No filme Malala, é retrato à vida da[…]

analfabetismo no Brasil

Oi, Iurymed , tudo certo? bora lá (lembran[…]

Título: Mais problemas O programa mais m&[…]

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM