Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#49069
Durante a revolução industrial, o ato de produção em larga escala estava em seu início junto com os novos meios de trabalho. Diante disso, o trabalho infantil era algo normal naquela época, contudo, crianças e mulheres recebiam bem menos do que os homens e suas condições de trabalho eram péssimas. Dito isso, o trabalho infantil foi se diminuindo ao longo dos anos, dando espaço à educação e à leitura como base para a formação do indivíduo. No entanto, a porcentagem de jovens analfabetos é consideravelmente grande e é dever do estado anular essa porcentagem com as medidas necessárias.

De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, todos são livres em dignidades e direitos, contudo, tais direitos não podem ser usufruídos se o indivíduo não souber ler nem escrever. Diante disso, é obrigatório que a alfabetização seja acessível para todos e que sua importância seja mais difundida entre a sociedade.

Diante disso, a criança que cresce e se torna um analfabeto fica mais suscetível a desinformação e as “Fake News” que são espalhadas facilmente pela internet. Além disso, é notável que a desinformação cresce a cada dia, dado esse mostrado no documentário, O Dilema das Redes, que mostra os perigos das redes sociais, sendo um dos principais, as informações falsas. Com isso o analfabeto, até mesmo o funcional, é mais propício a ser enganado por causa da má leitura e interpretação dos fatos pertencentes a realidade. Ao todo, é importante que exista uma baixa do analfabetismo, principalmente em crianças e adolescentes.

Conclui-se que a alfabetização não deve ser esquecida e que precisa dos devidos cuidados para que o percentual de crianças saiba ler e escrever, por isso, o Ministério da Educação deve criar cursinhos, tanto presenciais quanto online, destinados ao aprendizado de crianças e adolescentes com o objetivo de realizar o correto entendimento da língua portuguesa, por meio de um projeto de lei que dirija verbas da educação para o funcionamento das aulas com profissionais especializados na área da pedagogia, para que assim exista uma maior cultura em relação a leitura e uma menor taxa de analfabetismo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#49073
Durante a revolução industrial, o ato de produção em larga escala estava em seu início junto com os novos meios de trabalho. Diante disso, o trabalho infantil era algo normal naquela época, contudo, crianças e mulheres recebiam bem menos do que os homens e suas condições de trabalho eram péssimas. Dito isso, o trabalho infantil foi se diminuindo [evite gerúndio] ao longo dos anos, dando espaço à educação e à leitura como base para a formação do indivíduo. No entanto, a porcentagem de jovens analfabetos é consideravelmente grande e é dever do estado anular essa porcentagem com as medidas necessárias.

[faltou conectivo de desenvolvimento e apresentar o argumento antes do repertório]
De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, todos são livres em dignidades e direitos, [ter inserido um ponto final aqui e iniciado a argumentação > contudo, tais direitos não podem ser usufruídos se o indivíduo não souber ler nem escrever. Diante disso, é obrigatório que a alfabetização seja acessível para todos e que sua importância seja mais difundida entre a sociedade. [pouca argumentação, tem que aprofundar mais]

[melhorar conectivo > Diante disso, a criança que cresce e se torna um analfabeto fica mais suscetível a desinformação e as “Fake News” que são espalhadas facilmente pela internet. Além disso, é notável que a desinformação cresça a cada dia, fato esse mostrado no documentário, O Dilema das Redes, que mostra os perigos das redes sociais, sendo um dos principais, as informações falsas. Com isso, [vírgula] o analfabeto, até mesmo o funcional, é mais propício a ser enganado por causa da má leitura e interpretação dos fatos pertencentes à realidade. Ao todo, é importante que exista uma baixa do analfabetismo, principalmente em crianças e adolescentes.
* Os desenvolvimentos estão na estrutura certa, mas precisa melhorar a argumentação, problematizar mais

[faltou conectivo conclusivo] Conclui-se que a alfabetização não deve ser esquecida e que precisa dos devidos cuidados para que o percentual de crianças saiba ler e escrever, [ter inserido ponto final e iniciado a proposta de intervenção > por isso, o Ministério da Educação deve criar cursos , tanto presenciais quanto online, destinados ao aprendizado de crianças e adolescentes com o objetivo de realizar o correto entendimento da língua portuguesa, por meio de um projeto de lei que dirija verbas da educação para o funcionamento das aulas com profissionais especializados na área da pedagogia, para que assim exista uma maior cultura em relação à leitura e uma menor taxa de analfabetismo.
* Acredito que a intervenção está completa

Espero ter ajudado! ;)

As raízes do estigma associado às do[…]

olá , desculpa a demora para a correç[…]

INSTRUÇÕES PARA A REDAÇ&Atild[…]

olá sou wagner123 e venho corrigir a sua[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM