• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63546
A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, que apesar da recente elaboração possui representatividade internacional pela sua vanguarda jurídica, prevê em seu artigo 23°, como dever do estado proporcionar meios de acesso à tecnologia como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a inclusão digital do idoso, dificultando, desse modo, a universalização desse direito social tão importante. Assim, não só a insuficiência de leis, como também o individualismo das pessoas aprofundam essa situação calamitosa.
Em uma primeira análise, a persistência dessa problemática é formentada pela insuficiência de leis. Apesar da constituição de 1988 garantir que o Estado tem o dever de promover o bem-estar dos cidadãos, nota-se a ausência de diretrizes voltadas para a instrução tecnológicas das pessoas mais velhas. Segundo o filósofo Aristóteles- à política tem a função de preservar a integração entre os indivíduos da sociedade, é fato que a ausência legislativa tende a dar prosseguimentos dos desafios da inclusão digital do idoso e, consequentemente, formentar a segregação social desses cidadãos.
Além disso, o individualismo das pessoas é o mecanismo intenso desse impasse. De acordo com o sociólogo Zygmunt Bauman, vivemos em tempos líquidos, ou seja, em uma época de artificialidade nas relações humanas. Assim, a falta de empatia às gerações anteriores, tem feito com que os idosos sejam vistos com maus olhos e considerados incapazes. Desse modo, o quadro do panorama líquido se configura como um importante desafio para a inclusão dos idosos na era digital.
Portanto, faz-se necessário que medidas para combater esses obstáculos sejam tomadas. Assim, é dever do poder legislativo, em parceria com sugestões da população, promover a criação de leis que tenham como objetivo a criação de cursos gratuitos de ensino digital para as pessoas mais velhas por meio dos Centros de Assistência Social (CRAS) de cada município, possibilitando, dessa maneira, erradicar os desafios da inclusão digital do idoso. Fazendo assim, será possível o uso da internet ser universal para todas as gerações.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#63548
cwrolina escreveu:@eurodrigo poderia corrigir minha redação?
Com todo prazer, cwrolina! Entretanto, não sei quando trarei. Existem algumas outras redações na lista de espera. De todo modo, assim que possível, trago uma análise detalhada. Abs. :D
#63632
Olá, @cwrolina. Boa noite! Como vai?

Trarei a análise detalhada da sua redação amanhã. Ok? Desde já, perdão pela demora. A minha lista está meio cheia. :?

De todo modo, até amanhã! ;)
#63742
Correção de redação - ENEM
➜ Autor(a): @cwrolina
➜ Tema: DESAFIOS DA INCLUSÃO DIGITAL DO IDOSO NO BRASIL
➜ Material de base (🇽)

Atenção! Lembre-se que não sou profissional e, por isso, o único intuito é ajudá-lo(a). Ademais, considere essa correção como um aprofundamento em relação a todos os parâmetros do seu texto. Por isso, então, não estranhe notas mais baixas do que o normal, afinal, essa análise é minuciosa e pode durar (geralmente dura) mais de 1 hora, diferentemente da correção no ENEM, que dura cerca de 3 minutos. Entendendo isso, podemos prosseguir! :D

Legenda de correção:
➜ A1, A2 e retomadas (tese)
Elementos temáticos
➜ Ótimo! Muito bem!
➜ Poderia ser melhor
➜ Erro (desvio)
➜ Adicionar
➜ Confuso (não está claro)
Repetição
➜ Desnecessário
➜ Conectivos e operadores argumentativos
➜ Repertório e/ou material sociocultural
➜ Elementos da proposta

Espelho - Introdução
A constituição federal (C1; desvio; Constituição Federal) de 1988, documento jurídico mais importante do país, que apesar da recente elaboração, possui representatividade internacional pela sua vanguarda jurídica, prevê em seu artigo 23°, como dever (o dever) do estado (Estado) de proporcionar meios de acesso à tecnologia como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto (produção do repertório), tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a inclusão digital do idoso, dificultando, desse modo, a universalização desse direito social tão importante. Assim, não só a insuficiência de leis (A1 antecipado - OK), como também o individualismo das pessoas (A2 antecipado - OK) aprofundam essa situação calamitosa (substituir por uma finalização que aborde o delimitador temático; contribuem para os desafios dessa inserção digital.).
Comentários
➜ Boa introdução! A sua tese está evidente, mas, visando um detalhamento do seu ponto de vista, seria interessante uma melhor explicação (por mais que rápida) de como os idosos são atingidos por essa falta de inclusão desafiadora. Ademais, o delimitador "desafios" não foi pontuado. De todo modo, a construção do parágrafo possui coerência. Obs.: atente-se aos comentários postos no espelho. :!:

Espelho - Desenvolvimento 1
¹Em uma primeira análise (substituir por: nesse sentido; nessa perspectiva...), a persistência dessa problemática é formentada (fomentada) pela insuficiência de leis (retomada do A1 antecipado - OK). (ausência de conectivo) Apesar da constituição de 1988 garantir que o Estado tem o dever de promover o bem-estar dos cidadãos, nota-se a ausência de diretrizes voltadas para a instrução tecnológicas das pessoas mais velhas. (ausência de conectivo) Segundo o filósofo Aristóteles - (substitua por uma vírgula) à (a) política tem a função de preservar a integração entre os indivíduos da sociedade, (ponto de continuação) (ausência de conectivo) é (É) ²fato que a ausência legislativa tende a dar prosseguimentos dos desafios da inclusão digital do idoso e, consequentemente, formentar a ³segregação social desses cidadãos.
Comentários
➜ Desenvolvimento mediano. Os argumentos pontuados não possuem explicações, nem base de autoria. Você precisa ser claro diante do seu ponto de vista. Como a falta de diretrizes afeta, diretamente, a vida do idoso? Qual é, de fato, o problema diante de tudo isso? :?:
➜ ¹ Operadores de prioridade (ou relevância) não configuram-se como conectivos no modelo ENEM, ou seja, são desconsiderados em relação à C4. Cuidado!
➜ ² Esse argumento está redundante. Você já afirmou anteriormente que a insuficiência de leis contribui para a problemática da exclusão digital dos idosos, porém não explicou, exemplificou ou contextualizou esse posicionamento. Como essa insuficiência de leis afeta os idosos? Como isso acontece? Quais os exemplos? Discorra e argumente. Note que apenas apresentar afirmações não faz do seu desenvolvimento produtivo.

➜ ³ Exemplifique!

Espelho - Desenvolvimento 2
Além disso, o individualismo das pessoas é o mecanismo intenso desse impasse (retomada do A2 antecipado - OK). (ausência de conectivo) De acordo com o sociólogo Zygmunt Bauman, vivemos em tempos líquidos, ou seja, em uma época de artificialidade nas relações humanas. Assim (produção do repertório), a ¹falta de empatia às gerações anteriores, tem feito com que os idosos sejam vistos com ¹maus olhos e considerados incapazes. Desse modo, o quadro do panorama líquido se configura como um importante desafio para a inclusão dos idosos na era digital.
Comentários
➜ Esse desenvolvimento está um pouco abaixo do anterior. Você precisa argumentar de maneira mais consistente! Nesse, você trouxe ideias muito rasas e sem fundamentos ou exemplificações - o que não deve acontecer. Atente-se a isso! :?
➜ ¹De que forma isso acontece? Você tem algum exemplo? Ademais, como a artificialidade da modernidade líquida atinge essa relação entre gerações divergentes? Use menos linhas para expor repertórios e finalizações, e mais para argumentar e defender a sua tese. Então, sempre responda esses questionamentos: "Como? Qual o efeito? Qual o exemplo?" :!:

Espelho - Conclusão
Portanto, faz-se necessário que medidas para combater esses obstáculos sejam tomadas (retomada da problemática - OK). Assim, é dever do poder legislativo (AGENTE), em parceria com sugestões da população (Como seria essa coleta de sugestões?), promover a criação de (criar) (AÇÃO) leis que tenham como objetivo (FINALIDADE DA AÇÃO) a criação de cursos gratuitos de ensino digital para as pessoas mais velhas, por meio (MEIO DA AÇÃO) dos Centros de Assistência Social (CRAS) de cada município, possibilitando, dessa maneira, erradicar os desafios da inclusão digital do idoso (EFEITO). Fazendo assim (melhorável), será possível o uso da internet ser universal (a universalização do uso da internet) para todas as gerações. (ausência de retomada de repertório)
Comentários
➜ Você solucionou o A1 (insuficiência de leis), mas não o A2 (individualismo referente à modernidade líquida). A sua proposta poderia conter a elaboração de palestras educativas - em escolas - a fim de atenuar o problema, já que os jovens são os principais propulsores. De todo modo, também, não há detalhamento. Atente-te a isso!

Avaliação final
Comentários
➜ Você possui um domínio mediano da estrutura dissertativa-argumentativa. Leia atentamente todos os comentários para corrigir os seus erros - dando ênfase à argumentação, posicionamento de vírgulas, ausência de conectivos e estrutura de construção. Sucesso e até a próxima! :D

Nota
➜ C1 (160)
➜ C2 (160)
➜ C3 (160)
➜ C4 (140)
➜ C5 (160)

Material de estudo - Recomendações :idea:



Pra que título?

“Não são as crises que mudam […]

Ei, tudo bem? Vamos lá! Policarpo Quar[…]

Me ajudem aí, preciso de uma base para ver […]

Oiii amanhã faço minhas considera&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM