• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#94376
Em 1752, o cientista americano Benjamin Franklin descobriu a existência da energia elétrica através de experimentos com uma pipa, fato que abriu portas para muitas outras descobertas científicas. Dentre essas inovações estão os carros movidos a eletricidade, que apresentan inúmeras vantagens para a população e o meio ambiente em comparação a carros comuns. Entretanto, a difusão do consumo de carros elétricos no Brasil enfrenta desafios para se concretizar, sendo os principais deles a falta de indústrias que os produzem e seu preço comumente inacessível para o brasileiro médio.

Primeiramente, é possível acusar a escassa produção desse produto como um dos causadores dessa problemática. Nessa perspectiva, pode-se mencionar que, desde sua colonização, o Brasil é um país de produção majoritariamente alimentícia e sem muito foco em outras áreas, como a tecnologia. Consequentemente, tecnologias como o carro elétrico não são frequentemente vistas na sociedade e grande parte da população brasileira acaba por não ter contato com o veículo, muitas vezes sequer sabendo de sua existência e/ou não entendendo os benefícios de seu uso. Assim, forma-se um ciclo em que não há investimentos na produção de carros movidos a eletricidade pela falta de consumidores, e não há consumidores suficiented devido ao desconhecimento do produto.

Em segundo plano, os preços inacessíveis dos poucos carros elétricos vendidos no Brasil agravam a situação. Nesse contexto, a insuficiente produção nacional do produto rende necessária a importação de veículos elétricos de outras nações, o que costuma ser custoso devido ao transporte e taxas de importação. Como consequência, para não obter prejuízos, os preços dos veículos são aumentados pelos vendedores e, tendo em vista o baixo valor salarial médio do povo brasileiro, a mercadoria se torna inacessível à população. Desse modo, o automóvel se torna exclusivo da elite econômica e não do público, comprometendo sua disseminação.

Portanto, é evidente que, para difundir o uso de carros elétricos pelo meio popular, é dever do Governo Federal em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente financiar a sua produção no país, por meio da construção de indústrias e formação de profissionais aptos para coordenar o processo produtivo. Além do mais, é importante que o Governo Federal reduza as taxas de importação de tecnologias estrangeiras, com o objetivo de render possível a compra do carro elétrico por pessoas comuns. Assim, a difusão desses veículos mais sustentáveis será concretizada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

0
#0
INTRODUÇÃO

Ótima escolha de repertório, ''casou'' muito bem com o tema! Tem todos os elementos necessários (Repertório, tese e os dois argumentos), porém, para torná-la perfeita seria necessário complementar a parte que você fala sobre os inúmeros benefícios dos carros elétricos para a população e para o meio ambiente, essa parte ficou ''vaga'', lembre-se que você precisa enxergar o texto aos olhos do seu corretor e você não sabe se ele é ou não leigo sobre o assunto abordado.

DESENVOLVIMENTO

D1: Bom, no geral é um desenvolvimento bem ''amarrado''. Tópico frasal, repertório para sustentar sua argumentação e fundamentação ótima, discorreu bem sobre o tema. Sinto falta de um aprofundamento maior na questão da produção em si, acho que a parte do desconhecimento sobre a tecnologia é uma consequência relevante, mas advém de uma circunstância também ligada à classe social, concorda? Já é difícil para certos grupos ter acesso a meios populares de locomoção individual, imagina os elétricos que são, de certa forma, uma novidade no mercado nacional. Você poderia ter falado sobre a falta de incentivo fiscal do Estado para trazer a produção dessa tecnologia para o Brasil e, consequentemente, fomentar o barateamento e tornar mais acessível. Também, há a questão da perda da oportunidade de gerar empregos ao trazer essas empresas ao Brasil... Enfim, não produzir aqui aumenta os custos e ''prende'' a conjuntura de trafégo terrestre na tradicionalidade com diversos aspectos prejudiciais.

Não use ''Primeiramente'' ou ''Em primeira análise'', eu me lasquei por causa disso no último ENEM kkkk me avisaram e eu não dei ouvidos. Tem alguns erros de paralelismo. Quando for usar repertórios históricos procure definir uma época específica e trazer para a realidade. ''Desde a colonização'', mas como começou exatamente? a partir das escolhas produtivas coloniais sempre ligadas a produtos primários como o açúcar, o café e etc que posteriormente não foram sobrepostos pela produção industrial- tecnológica?.

D2: Muito bom! só senti falta de um repertório para validar suas ideiais, mas confesso que não consigo pensar em um específico agora... talvez algum que aborde o baixo poder de compra dos brasileiros que impedem uma equidade econômica.

CONCLUSÃO

Perfeita :) Sou péssima em identificar o detalhamento, mas a ''finalidade da finalidade'' conte como um.

Acho que a notaria ficaria entre 880-940
2
#94397
INTRODUÇÃO

Ótima escolha de repertório, ''casou'' muito bem com o tema! Tem todos os elementos necessários (Repertório, tese e os dois argumentos), porém, para torná-la perfeita seria necessário complementar a parte que você fala sobre os inúmeros benefícios dos carros elétricos para a população e para o meio ambiente, essa parte ficou ''vaga'', lembre-se que você precisa enxergar o texto aos olhos do seu corretor e você não sabe se ele é ou não leigo sobre o assunto abordado.

DESENVOLVIMENTO

D1: Bom, no geral é um desenvolvimento bem ''amarrado''. Tópico frasal, repertório para sustentar sua argumentação e fundamentação ótima, discorreu bem sobre o tema. Sinto falta de um aprofundamento maior na questão da produção em si, acho que a parte do desconhecimento sobre a tecnologia é uma consequência relevante, mas advém de uma circunstância também ligada à classe social, concorda? Já é difícil para certos grupos ter acesso a meios populares de locomoção individual, imagina os elétricos que são, de certa forma, uma novidade no mercado nacional. Você poderia ter falado sobre a falta de incentivo fiscal do Estado para trazer a produção dessa tecnologia para o Brasil e, consequentemente, fomentar o barateamento e tornar mais acessível. Também, há a questão da perda da oportunidade de gerar empregos ao trazer essas empresas ao Brasil... Enfim, não produzir aqui aumenta os custos e ''prende'' a conjuntura de trafégo terrestre na tradicionalidade com diversos aspectos prejudiciais.

Não use ''Primeiramente'' ou ''Em primeira análise'', eu me lasquei por causa disso no último ENEM kkkk me avisaram e eu não dei ouvidos. Tem alguns erros de paralelismo. Quando for usar repertórios históricos procure definir uma época específica e trazer para a realidade. ''Desde a colonização'', mas como começou exatamente? a partir das escolhas produtivas coloniais sempre ligadas a produtos primários como o açúcar, o café e etc que posteriormente não foram sobrepostos pela produção industrial- tecnológica?.

D2: Muito bom! só senti falta de um repertório para validar suas ideiais, mas confesso que não consigo pensar em um específico agora... talvez algum que aborde o baixo poder de compra dos brasileiros que impedem uma equidade econômica.

CONCLUSÃO

Perfeita :) Sou péssima em identificar o detalhamento, mas a ''finalidade da finalidade'' conte como um.

Acho que a notaria ficaria entre 880-940
2
#94408
@bylari nossa, muito obrigada pela correção! Se importa de eu perguntar qual o problema com "primeiramente/em primeiro lugar"? Eu os venho usando já faz um tempo :shock: , mas se eles diminuem a nota eu vou ter que trocar...

Eu realmente não consegui pensar em um repertório pro D2 no começo e só fui perceber que deixei sem depois que já tinha terminado a redação!

Enfim, obrigada mesmo!
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
239 Exibições
por francis
2 Respostas 
242 Exibições
por DebbyMatt
0 Respostas 
70 Exibições
por Roberta2506
0 Respostas 
102 Exibições
por Roberta2506
2 Respostas 
280 Exibições
por JoaoPedro72
0 Respostas 
70 Exibições
por Edlaneda
0 Respostas 
73 Exibições
por Edlaneda
2 Respostas 
70 Exibições
por Felipe082
2 Respostas 
68 Exibições
por Fernando202
5 Respostas 
134 Exibições
por abiaacs
A desregulação do mundo

Alberto Demenstein, em seu livro"O Cidad&[…]

Foi na Grécia antiga onde começou a […]

Compromisso do empreendedor

Educação Fiscal é conjunto el[…]

1 bez

Ola, tudo bem? Vou te dá uma breve corre&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM