• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Alexiavd22
#69476
A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6,1 o direito à saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. Com quanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a depressão, dificultando, desse modo, a universalização desse direito social tão importante ponto diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatos que favorecem o quadro.
Em uma primeira análise, deve-se ressaltar ausência de medidas governamentais para combater o aumento de pessoas com depressão no país nesse sentido, no Brasil, 5,8% da população sofre da doença taxa acima da média global, que é de 4,4%. Essa conjuntura segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do “ contrato social” já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadões desfrutem de direitos indispensáveis como a saúde, o que é infelizmente evidente no país.
Ademais, é fundamental apontar quê segundo os dados da OMS o Brasil é o país com a maior prevalência de depressão na América Latina e é o segundo maior das Américas, estando atrás apenas dos Estados Unidos.
Portanto, medidas governamentais devem ser tomadas para reverter este quadro tão preocupante. É necessário que o governo federal, comece a fazer campanhas para conscientização, além de dar mais assistência as pessoas com transtornos mentais nas áreas de risco. Somente assim, o direito à saúde no Brasil será plenamente garantido.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta repertório limitado de recursos coesivos e articula as partes do texto de forma insuficiente, com muitas inadequações, o que compromete a organização das ideias.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por vitoriaca
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#70486
Ei, Alexia!
Perdão pela demora.

A constituição federal(1) de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê(2) em seu artigo 6, o direito à saúde como inerente a todo cidadão brasileiro (contextualização). Com quanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a depressão, dificultando, desse modo, a universalização desse direito social tão importante (tese) (3) ponto(4) diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatos que favorecem o quadro (encaminhamento).

(1) Constituição Federal > letra maiúscula
(2) Adicionar uma virgula. > prevê, em seu artigo 6,...
(3) Finalizar período;
(4) Portanto.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar ausência de medidas governamentais para combater o aumento de pessoas com depressão no país (apresentação da ideia) (5) nesse sentido, no Brasil, 5,8% da população sofre da doença taxa acima da média global, que é de 4,4%. Essa conjuntura(6) segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do “ contrato social” já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadões(7) desfrutem de direitos indispensáveis como a saúde, o que é infelizmente evidente no país(8) (encaminhamento da argumentação). (fechamento ?)(9)

(5) Finalize o período. "...no país. Nesse sentido, no Brasil,..."
(6) Todo conectivo, no inicio de período, deve ser precedido de virgula;
(7) Cidadãos;
(8) Poderia ter dado mais detalhes na questão da inoperância governamental. Você utilizou dois repertórios e não argumentou muito sobre as questões;
(9) Faltou o fechamento/frase de efeito.

Ademais, é fundamental apontar quê segundo os dados da OMS o Brasil é o país com a maior prevalência de depressão na América Latina e é o segundo maior das Américas, estando atrás apenas dos Estados Unidos.
> desenvolvimento incompleto.
---/// DESENVOLVIMENTO 1 E 2 (18 linhas - 9 para cada)
- Apresentação do argumento: se aprofunda mais na tese citada na introdução
- Desenvolvimento da ideia: fundamentação, provas de que sua tese está correta
- Fechamento: indignação daquele problema citado.

Portanto, medidas governamentais devem ser tomadas para reverter este quadro tão preocupante. É necessário que o governo federal, comece a fazer campanhas para conscientização, além de dar mais assistência as pessoas com transtornos mentais nas áreas de risco. Somente assim, o direito à saúde no Brasil será plenamente garantido.
> Conclusão incompleta.
---/// CONCLUSÃO (6 linhas)
- Sempre que for fazer uma proposta de intervenção, observe os 5 elementos exigidos. São eles:
1. AGENTE: quem vai tomar a iniciativa para resolver o impasse? (cabe a/ao)
2. AÇÃO: o que vai ser feito para resolver o problema?
3. MODO/MEIO: qual a maneira que vai ser utilizada pelo agente (por meio de/através de)
4. DETALHAMENTO: especificar alguma parte para convencer
5. FINALIDADE: qual a consequência terá após a resolução dos problemas citados. (a fim de/com a finalidade de).

Aconselho que veja vídeos sobre estrutura e argumentação.
Espero que eu tenha te ajudado <3

Abraços.
Avatar do usuário
Por chihirukiki
Quantidade de postagens
#71630
Oiii, @Alexiavd22 d22! Perdão pela demora. Vi que a Vi já corrigiu seu texto, e como confio MUITO nas análises dela e estou bastante ocupada, deixo para uma próxima. Sinto muito não poder no momento. :(
Abraços e bons estudos! 🌻💛

Muito se tem discutido, recentemente, acerca das d[…]

nycolas2005 , muito obrigada, fico feliz pela cor[…]

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio &aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM