• Avatar do usuário
#79372
Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o acesso à saúde e bem-estar como direito de todos os cidadãos, percebe-se que, na atual realidade brasileira, não há o cumprimento dessa garantia, principalmente no que diz respeito ao saneamento básico. Isso ocorre devido à negligência por parte do poder público e ao déficit habitacional presente na sociedade.
Sob esse viés, observa-se que o Estado tem influência no problema. Acerca disso, segundo o filósofo Thomas Hobbes, é função estatal garantir os direitos básicos à todos. No entanto, a insuficiência dos poderes governamentais perante o impasse vivenciado no Brasil não traz o bem-estar à população, uma vez que a falta de investimentos em redes de coleta de lixo e esgoto, por exemplo, acarreta inúmeros problemas de saúde.
Ademais, convém analisar a relação existente entre as desigualdades sociais e a carência desses serviços. Nesse sentido, o filme sul-coreano "Parasita" aborda a discrepância estabelecido pelo sistema capitalista e as precárias condições nos bairros mais pobres. Paralelamente ao retratado, a sociedade brasileira é incapaz de promover a democratização do acesso ao saneamento básico, uma vez que, segundo dados da Comissão de Serviços de Infraestrutura, cerca de 48% da população não possui coleta de esgoto, em condições propícias à disseminação de doenças.
Infere-se, portanto, que medidas são necessárias para combater o problema. Nesse cenário, urge que o Estado crie um plano de reestruturação da infraestrutura, visando maior investimento em encanamento de esgotos e filtragem e tratamento de água. Além disso, cabe à mídia - grande difusora de informações e principal veículo formador de opinião-, estimular mobilizações sociais por intermédio de propagandas e cartilhas educativas, com o escopo de pressionar os órgãos estatais em prol do direito ao acesso ao saneamento básico.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Como a arte pode ser inclusiva no Brasil? Ao menc[…]

Francis29 bibipadilha P300 VanessaSousa d[…]

O assédio no Brasil

Alicerdg12 desculpa, mas onde está os seu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM