Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57122
“A “Atitude Blasé” - termo proposto pelo sociólogo alemão Georg Simmel no livro “ The Metropolis and Mental Life" - ocorre quando o indivíduo passa a agir com indiferença em meio às situações que ele deveria dar atenção. Posto isto, é notável o sentimento de indiferença em relação a democratização do acesso ao cimena no Brasil , o que finda em corroborar para constância do impasse.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a indiferença governamental em relação a democratização do acesso ao cinema em território nacional .Uma vez que, poucos recursos são destinados para auxilio de individuos de baixa renda que não possuem condições de acesso ao cinema. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do ‘’contrato social’’, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a assitencia a desamparados que garantiria acesso a cultura e lazer.
Ademais, é fundamental apontar a indiferença da população, que não exige por melhorias governamentais para a problemática de invíduos carentes que não apresentam acesso ao cinema. Como já diria o jornalista George Benard Shaw o progresso se constitui inverossímil sem mudanças. Deste modo, fazem-se necessárias reivindicações sociais incisivas da sociedade para uma distribuição democrática das terras, almejando o progresso.
Depreende-se, portanto, a necessidade da extinção da indiferença. Para isso, será imprescindível que o ministério da economia cumpra com seu papel executando o investimento em ambito social por meio de verbas governamentais arrecadadas sobre impostos a fim de disponilizar ingressos sociais gratuitos para população de baixa renda. Além disso, em parceria com o ministério da educação financie projetos educacionais nas instituições escolares por meio de palestras pedagógicas a fim de conscientizar e estimular a reflexão da população a respeito da problemática Assim, se consolidará uma sociedade mais empática, onde o estado desempenha corretamente seu “contrato social”, tal como afirma John Locke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#57123
Karinab escreveu:“A “Atitude Blasé” - termo proposto pelo sociólogo alemão Georg Simmel no livro “ The Metropolis and Mental Life" - ocorre quando o indivíduo passa a agir com indiferença em meio às situações que ele deveria dar atenção. Posto isto, é notável o sentimento de indiferença em relação a democratização do acesso ao cimena no Brasil , o que finda em corroborar para constância do impasse.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a indiferença governamental em relação a democratização do acesso ao cinema em território nacional .Uma vez que, poucos recursos são destinados para auxilio de individuos de baixa renda que não possuem condições de acesso ao cinema. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do ‘’contrato social’’, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a assitencia a desamparados que garantiria acesso a cultura e lazer.
Ademais, é fundamental apontar a indiferença da população, que não exige por melhorias governamentais para a problemática de invíduos carentes que não apresentam acesso ao cinema. Como já diria o jornalista George Benard Shaw o progresso se constitui inverossímil sem mudanças. Deste modo, fazem-se necessárias reivindicações sociais incisivas da sociedade para o acesso democrático ao cinema, almejando o progresso.
Depreende-se, portanto, a necessidade da extinção da indiferença. Para isso, será imprescindível que o ministério da economia cumpra com seu papel executando o investimento em ambito social por meio de verbas governamentais arrecadadas sobre impostos a fim de disponilizar ingressos sociais gratuitos para população de baixa renda. Além disso, em parceria com o ministério da educação financie projetos educacionais nas instituições escolares por meio de palestras pedagógicas a fim de conscientizar e estimular a reflexão da população a respeito da problemática Assim, se consolidará uma sociedade mais empática, onde o estado desempenha corretamente seu “contrato social”, tal como afirma John Locke.

Boa tarde, vou colocar aqui os pontos q eu acho q[…]

Ficaria muito feliz se pudessem corrigir a minha r[…]

jherodrigues Olá, pode corrigir minha re[…]

"O homem é aquilo que a educaç&[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM