Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por Maria23242
#55012
Recentemente, muito se tem discutido, sobre o avanço da utilização de expressões "populares" em determinados gêneros textuais (com destaque: Os jornais, as manchetes etc). No entanto, a pluridade das pessoas acreditam que usá-las possa ser um obstáculo para o público-leitor.
Contudo, o seu uso comumente, tem favorecido para à população. Com o intuito de aprimorar na interpretação de manchetes, e títulos de notícia. Utilizá-la em alguns tipos de contexto à torna mais pitoresca.
É de suma importância sua aplicabilidade, logo diversas publicidades aderem tal método para atingir não apenas o público-alvo em minoria, mas também com uma determinada relevância maior. Inclusive, há à sua utilização em alguns textos acadêmicos.
Torna-se uma forma de interagir com o leitor. Dessa forma, teremos no Brasil uma sociedade mais intelectual na leitura. Conclui-se que a sua utilidade, aplicada em determinados recursos linguísticos, potencializa uma compreensão textual precisa e dissemelhante.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Avatar do usuário
Por jherodrigues
#55066
Recentemente, muito se tem discutido, [sem vírgula] sobre o avanço da utilização de expressões "populares" [não precisa de aspas] em determinados gêneros textuais [não use parenteses, prefira traços ou isolar com vírgulas > (com destaque: Os jornais, as manchetes etc) < evite usar esse tipo de termo: etc, entre outros] . No entanto, a pluralidade das pessoas acreditam que usá-las possa ser um obstáculo para o público-leitor [sem hífen].
* Na introdução você deve contextualizar o tema primeiro, depois problematizar e apresentar seus argumentos que irá desenvolver nos outros parágrafos
* Sobre a cultura popular, você poderia trazer o conceito disso primeiro ou ter trago sobre cultura, folclore, raízes... Para depois, problematizar essa questão da discussão sobre o uso em meios midiáticos e assim, apresentar sua tese, que são os argumentos de causa e consequência disso acontecer


[melhorar conectivo: Em primeiro lugar > Contudo, o seu uso comumente < de que? retome] , [sem vírgula] tem favorecido para à população < não finalizou o raciocínio, favorece o que?]. [faltou conectivo] Com o intuito de aprimorar na interpretação de manchetes, e títulos de notícia. Utilizá-la em alguns tipos de contexto à torna mais pitoresca.
* Precisa organizar suas ideias na estrutura do desenvolvimento: apresentar o argumento (do que você vai falar?) + repertório (dado ou citação que vai comprovar o seu argumento) + argumentação (seu ponto de vista impessoal) + arrematação (concluir seu raciocínio e parágrafo). Você precisa de 4 frases no seu parágrafo para organizar e dividir suas ideias
* Mais atenção no uso de vírgulas e conectivos


[faltou conectivo] É de suma importância sua aplicabilidade, logo diversas publicidades aderem tal método para atingir não apenas o público-alvo em minoria, mas também com uma determinada relevância maior. Inclusive, há à sua utilização em alguns textos acadêmicos.
* Parágrafo fora da estrutura, você precisa comprovar o que se fala, trazer repertório que são dados ou citação de alguém = algum filósofo ou escritor

[faltou conectivo] Torna-se uma forma de interagir com o leitor. Dessa forma, teremos [não pode usar 1ª pessoa na redação] no Brasil uma sociedade mais intelectual na leitura. Conclui-se, que a sua utilidade, aplicada em determinados recursos linguísticos, potencializa uma compreensão textual precisa e dissemelhante.
* Não trouxe uma proposta de intervenção que é composta de agente (órgão responsável) + ação (o que deve ser feito) + meio (por meio de que será feito: outro órgão ou por lei ou por algum projeto, enfim...) + finalidade (a fim de que, para que, o que vai proporcionar para a sociedade) + detalhamento (de um desses elementos anteriores)

Espero ter ajudado! :D

No Brasil todos os tipos de violência contra[…]

Oii Iss, não consigo colorir aqui, ent&ati[…]

Na constituição Federal de 1988 no […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM