Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Debs1801
#57226
De acordo com a reportagem do G1, Mariana Ferrer, após ser dopada pelo seu agressor, foi estuprada e no seu julgamento foi tratada da forma mais desumana pelo advogado do agressor. Na contemporaneidade, a sociedade demonstra sua face mais cruel no que tange a cultura do estupro no Brasil. Nesse sentido, é notório um grave problema de contornos específicos, em virtude da falta de leis é em consequência disso o baixo índice de denúncias de estupro sofrido pelas mulheres.

Convém ressaltar, a princípio, que o desrespeito a lei é um fator determinante para a persistência do problema. Dessa forma, conforme o Código Penal, artigo 213, estupro é o ato de constranger alguém, mediante à violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. No entanto no que se verifica a realidade atual é um cenário de crueldade, onde a cada 11 minutos acontece um estupro no Brasil, o que demonstra a insuficiência legislativa.

Além disso, outro obstáculo enfrentado, em consequência da insuficiência legislativa, é a pouquindade de denúncias de estupro. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 52% das mulheres optam por não denunciar, em sua maioria isso acontece por medo de não acreditarem nelas, medo do agressor, sentimento de culpa entre outros fatores. Desse modo, é notório um problema alarmante, onde as mulheres estão se escondendo por medo do julgamento da sociedade.

Portanto, medidas são necessárias para resolver este impasse. Assim o Instituto da Mulher junto a Secretária Municipal de cada estado, deve elaborar oficinas educativas em locais públicas para a população em geral, por meio de palestras, com sociólogo formado na área, que oriente a importância de impor respeito as mulheres que sofrem estupro. Por fim, deve trazer para a discussão a lei do Código Penal para que haja elucidação e o devido tratamento com as mulheres, espera-se com essas medidas que casos como da Mariana Ferrer não ocorra novamente.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM