Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por JUSTHIS
#50222
No livro “Lolita” por Vladimir Nabokov, é retratada a história de Humbert, um homem de meia idade que mantém relações sexuais com uma menina de 12 anos. Ao longo da trama, que é escrita pelo ponto de vista do abusador, são narradas as violências de um homem adulto contra uma criança em sua própria casa. Fora das páginas, fica claro que a realidade apresentada pode ser relacionada àquela do século XXI: a romantização do abuso, a normalização desse crime e a culpabilização da vítima contribuem para a cultura de estupro no Brasil.

Em primeiro lugar, é importante destacar que a falta de educação sexual e o consumo precoce de conteúdo adulto leva muitas pessoas a aprenderem sobre sexo pela pornografia. Segundo a feminista Robin Morgan "A pornografia é a teoria, o estupro é prática", a grande facilidade para o consumo de conteúdos como o de filmagem de atos sem consentimento, violência e assédio sexual tem como resultado a banalização do estupro por seus consumidores. Assim, é necessário que seja obrigatória as aulas sobre educação sexual nas escolas.

Além disso, vemos também em histórias como a de Poseidon, que atraído pela beleza de Medusa, a estupra. Resultando não apenas em uma gravidez indesejada, mas em uma punição de Atenas que ao descobrir escurece sua pele e a reveste em escamas de réptil, além de transformar seus cabelos em serpentes. O ato de culpar a vítima pelo que lhes foi feito não ocorre apenas na ficção, muitas mulheres e homens são responsabilizadas pela violação que lhes foi cometida podendo causar graves problemas a saúde mental e o medo de outras vítimas de denunciarem. Assim, é importante que antes de tudo, a pessoa que sofreu o abuso tenha o apoio necessário.

Portanto, é mister que o estado tome providências para amenizar o quadro atual. Para garantir o suporte psicológico as vítimas de estupro, urge-se que o Governo disponibilize 10% de sua verba a projetos que apoiam vítimas de abuso no Brasil. Espera-se com essa medida que essas pessoas possam ter apoio para construir uma visão de futuro mais positivo, diminuindo portanto, os impactos mentais sobre as vítimas da cultura de estupro no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#50394
No livro “Lolita” por Vladimir Nabokov, é retratada a história de Humbert, um homem de meia idade que mantém relações sexuais com uma menina de 12 anos. Ao longo da trama, que é escrita pelo ponto de vista do abusador, são narradas as violências de um homem adulto contra uma criança em sua própria casa. Fora das páginas, fica claro que a realidade apresentada pode ser relacionada àquela do século XXI: a romantização do abuso, a normalização desse crime e a culpabilização da vítima contribuem para a cultura de estupro no Brasil.
* Faltou apresentar melhor a sua tese

Em primeiro lugar, é importante destacar que a falta de educação sexual e o consumo precoce de conteúdo adulto leva muitas pessoas a aprenderem sobre sexo pela pornografia. Segundo a feminista Robin Morgan "A pornografia é a teoria, o estupro é prática", a grande facilidade para o consumo de conteúdos como o de filmagem de atos sem consentimento, violência e assédio sexual tem como resultado a banalização do estupro por seus consumidores. Assim, é necessário que seja obrigatória as aulas sobre educação sexual nas escolas.

Além disso, [faltou apresentar o argumento que você iria defender] vemos [não usar 1 ª pessoa] também em histórias como a de Poseidon, que atraído pela beleza de Medusa, a estupra. Resultando não apenas em uma gravidez indesejada, mas em uma punição de Atenas que ao descobrir escurece sua pele e a reveste em escamas de réptil, além de transformar seus cabelos em serpentes. < esse trecho anterior todo é repertório, deveria juntar tudo em um período só] [faltou conectivo] O ato de culpar a vítima pelo que lhes foi feito não ocorre apenas na ficção, muitas mulheres e homens são responsabilizadas pela violação que lhes foi cometida podendo causar graves problemas a saúde mental e o medo de outras vítimas de denunciarem. Assim, é importante que antes de tudo, a pessoa que sofreu o abuso tenha o apoio necessário.

Portanto, é mister que o estado tome providências para amenizar o quadro atual. Para garantir o suporte psicológico as vítimas de estupro, urge-se que o Governo disponibilize 10% de sua verba a projetos que apoiam vítimas de abuso no Brasil [faltou o meio e o detalhamento dessa ação]. [faltou conectivo] Espera-se com essa medida que essas pessoas possam ter apoio para construir uma visão de futuro mais positivo, diminuindo portanto, os impactos mentais sobre as vítimas da cultura de estupro no Brasil.
* Intervenção incompleta
* É importante trazer uma solução cabível e que já não é realizada

A educação no brasil, e vista pela s[…]

É de fundamental importância discutir[…]

É de fundamental importância a discus[…]

O perigo da crise hídrica no Brasil

Avidez Inconsciente O Nilo com mais de 7 mil q[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM