• Avatar do usuário
#65238
No decorrer das adaptações do homem ao longo do tempo, o sentido de visão foi sendo mais destacado que os demais sentidos humanos. Dessa forma, é fato que aparência à primeira vista quase sempre é um fator determinante sobre o julgamento em relação a outra pessoa. Como passar dos anos o ser humano foi procurando formas - o que virou obsessão -, de melhorar sua imagem e figura. Nesse sentido, é crucial analisar as causas, como a vaidade humana, e os impactos negativos - relações conjugais rasas -, dessa situação da sociedade.
Diante desse cenário, é crucial apontar a vaidade como fundamento desta problemática na atualidade. De acordo com a Primeira Carta de Pedro - Livro Bíblico -, capítulo 3 e versos 3 e 4, o apóstolo adverte que a verdadeira beleza não está no exterior, ou seja, na aparência ou vestir, mas que a beleza genuína está no interior - atitudes e princípios. Logo, é evidente que atualmente o ser humano está ficando cada vez mais superficial e isso se dá por conta, principalmente, da influência da mídia sobre quebra de padrões (algo que também já virou um padrão). Consequentemente, tal cenário confirma a frase do romancista Lewis Carrol: "para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve", em sua obra, Alice no País das Maravilhas, que usada analogamente, "para quem é vazio, qualquer coisa banal - vaidade -, preenche ilusoriamente seu vazio.
Além disso, é possível observar os efeitos desta patologia social nos relacionamentos atuais. É bastante comum atualmente, os relacionamentos não fluirem de maneira natural e contínua, servindo apenas como status quo. Dessa forma, é cabível citar que o culto a aparência é o principal determinante nessa problemática, visto que a relação "só dura o tempo que a beleza dura", ou seja, os relacionamentos são firmados apenas em interesses físicos e passageiros. Por conseguinte, na incansável busca pelo corpo perfeito as pessoas tendem a se decepcionar e buscar o narcisismo como solução ou como forma de superação. Tal cenário é confirmado pelo corpolátra Senne Codo ao afirmar que a corpolatria é uma patologia social, na qual o indivíduo busca incansavelmente atingir a perfeição, incapaz de satisfazer-se com a própria imagem.
Portanto, é mister que o Governo Federal, promova pelo País um projeto social - com campanhas e palestras -, que visem desmistificar os padrões impostos pela mídia - como o corpo ideal, ou a aparência perfeita-, tal projeto deverá ser implementado por profissionais da estética e psicólogos com o fim de amenizar a corpolatria e construir uma sociedade mais saudável, na qual relacionamentos estruturados não darão espaço para um "corpo perfeito".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

hel0oooo , Ei!!! Estou muito animada para[…]

Tinha corrigido tudo certinho e mandei errado afs […]

Na obra de origem australiana, “A Menina que[…]

zgabiruLGD , Disponha!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM