Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#56689
O documentário "13° emenda", da rede de stream Netflix, se popularizou nos EUA após sua estreia, o nome da obra faz referência a 13° emenda da Constituição americana, que proíbe a escravidão ou qualquer tentativa de prestação de serviço involuntária, a obra também retrata diversos problemas enfrentados no sistema prisional norte-americano, como a superlotação, por exemplo.a situação retratada no longa se repete em nosso país,visto que vários dos problemas citados no documentário,como excesso de detentos e ineficiência na soltura também acontecem no Brasil.

Como mostram os dados do estudo"Sistema prisional em números",segundo a pesquisa,o Brasil possui uma população carcerária de 729 949 detentos, sendo que existem vagas para apenas 437 912, isso gera uma superlotação de 166%. tal fenômeno está diretamente ligado ao tráfico de drogas, tendo em vista que boa parte dos detentos são presos por portar pequenas quantidades de entorpecentes, muitos deles não estão nem mesmo envolvidos com o tráfico em si, são apenas usuários e por morarem em uma vizinhança marginalizada acabam sendo confundidos com bandidos de maior periculosidade, sendo assim evidência-se que as autoridades não consegue defenir bem quem é traficante e quem é usuário, isso dificulta a aplicação de uma punição adequada ao indivíduo.

Em modo análogo,o personagem Nivaldo, da série "Cidade dos Homens" de 2002,cumpre uma pena maior do que a que o foi imposta, apesar do exemplo citado não passar de uma ficção, a situação se repete em nossa sociedade.
Estima-se que em nosso país até 9000 pessoas estejam atrás das grades mesmo depois de terem cumprido pena, além disso, os detentos em regime preventivo (30% da população carcerária) também ocupam um espaço desnecessário nas prisões, permanecendo nelas por mais tempo que deveriam. A lei define que o tempo máximo de apreensão seja de apenas 81 dias, porém não é raro encontrar detentos que já estejam a mais de 2 anos nessa situação.Ambos os casos são causados pela ineficiência do sistema prisional do Brasil e também pela falta de defensores públicos.

Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse, urge ao Ministério da justiça fazer uma reforma em seu sistema, que vise a acelerar a resolução de processos criminais e investir em penas alternativas para casos de menor gravidade, por exemplo, serviço social,para crimes como porte de pequenas quantidade de drogas e furto.Além disso, "mutirões universitários" devem ser realizados para casos que estejam parados, nesses mutirões estudantes de direito trabalharão de graça nas defensorias em troca de crédito para suas graduações,resolvendo assim a falta de defensores públicos. Além do mais, ONGs devem investir em programas de escolarização e profissionalização para que recém-libertos voltem a conviver em sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Para a pensadora Hannah Arendt, "a essê[…]

"Eu não trabalhava, eu não sabi[…]

gostei muito da sua redação, s&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM