Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60438
Segundo o filósofo Aristóteles, é sempre fundamental optar pela justa medida, ou seja, pelo meio termo e equilíbrio entre o excesso e a falta. Nesse sentido, em relação ao controle parental do acesso aos recursos tecnológicos dos filhos é possível constatar que a falta de privacidade no ambiente online ainda um problema a ser discutido. Dessa forma, convém analisar as consequências desse impasse.
Dessa maneira, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cabe a família e ao Estado promover a criança uma segurança qualificada. Portanto, relativo ao controle parental é possível evidenciar tanto pontos positivos quanto negativos. Se por um lado, o uso da tecnologia como uma ferramenta de aprendizagem interação social e virtual por outro, a sujeição a doenças emocionais e os perigos aos quais estão expostos.
Em suma, em relação a problematização mencionada anteriormente percebe-se que a constante no ambiente social. Assim, os jovens no meio virtual estão submetidos a diversos perigos como pedofilia, assédio, violência e com isso os pais passam a controlar suas redes a fim de proteger a criança contra esses males. Porém, essa proteção excessiva abala relacionamento de confiança entre parentes e filhos, permitindo o desenvolvimento de ansiedade, depressão e síndrome do pânico nas crianças.
Desse modo, apesar das mudanças ocasionadas anteriormente, algumas situações ainda devem ser melhoradas. Logo, cabe as figuras parentais criar formas alternativas para proteger seus filhos sem invadir sua privacidade, como alertar a criança sobre suas preocupações e os perigos em que podem estar submetidas. Como também, cabe ao Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI) juntamente com a Mídia, realizar propagandas através de aplicativos como o Instagram sobre os perigos presentes na Internet.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição federal de 1988, docu[…]

Violência doméstica

Agressão a Maria da Penha Vemos que atualm[…]

Obesidade no Brasil

Segundo dados do IBGE, em 2019 um quarto da popula[…]

Medo provocado por pandemia

*Medo causado pela pandemia* Diante de um cas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM