• Avatar do usuário
#77222
O filme "O mínimo para viver" disserta acerca dos efeitos causados pela idealização de determinados padrões de beleza, sobretudo, os transtornos alimentícios. Todavia, mesmo sendo uma obra cinematográfica, essa conjuntura, tratada no filme, se configura plenamente na sociedade brasileira atual. Na qual, essa realidade se deve, essencialmente, a mídia em valorizar certos padrões de beleza e a pouca discussão sobre esse tema nas instituições sociais do país.
Em princípio, é relevante ressaltar, que a mídia e o mercado de beleza, não devem valorizar apenas determinados padrões de beleza. Em virtude, que a exaltação de um modelo estético padronizado, acaba não incentivando as diferenças. Além disso, também acaba dificultando uma percepção de que a beleza é um conceito plural. Isso, ocasiona, principalmente, nas pessoas, uma busca de uma perfeição estética, que em tal modo, leva aos transtornos alimentícios, que é evidenciado no filme "O mínimo para viver". Por isso, é preciso que ações governamentais devem, através de anúncios publicitários, exaltarem a diversidade, assim, diminua essas consequências, gerada por uma padronização de uma beleza utópica.
Ademais, a insuficiência da discussão sobre esse tema, nas instituições sociais do Brasil, é essencial que isso seja alterado. Pois, a ocorrência da discussão sobre essa questão, nas instituições do país, além de disseminar informações pertinentes, que em tal forma, poderia gerar nos indivíduos, uma autoaceitação de sua própria fisiologia, também, é um direto que é assegurado pela própria constituição federal de 1988, no artigo 5° como um ordenamento judiciário fundamental, que se compromete com os direitos sociais, sobretudo, com a democracia direta. Dessa forma, mostra que é necessário medidas o suficiente que se concretiza essas ações.
Portanto, para efetivar a minimização das consequências na busca de padrões de beleza idealizados, é significativo que o Ministério da Saúde, por intermédio de elaboração de planos e políticas públicas, tornar mais acessível às clínicas psiquiátricas e psicólogas, de modo, a condicionar um maior apoio aos indivíduos com algum transtorno alimentício. Aliás, é fundamental que o Ministério da Educação e Cultura (MEC), a partir de campanhas e palestras nas instituições de ensino, proporcionar um debate e diálogo sobre a valorização da diversidade, de modo, que seja diminuído a idealização de um determinado padrão de beleza. Sendo assim, que essas ações possam ser concretizado, para que as diferenças sejam incentivadas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM